O Android Wear está prestes a ficar mais bonito, mais útil, melhor. Em uma nova atualização que começa a ser liberada hoje, o sistema para relógios inteligentes receberá não apenas recursos há muito requisitados, mas também um punhado de novos mostradores que são de babar.

Esses novos mostradores são o grande novo recurso aqui. O Google liberou sua API de mostradores aos desenvolvedores e agora podemos ver os primeiros exemplos do que eles podem fazer. O Google também firmou parcerias com algumas dezenas de designers, marcas e artistas antes desse lançamento e alguns dos mostradores que eles fizeram são bem impressionantes. E mais do que rostinhos bonitos. Usando a Watch Face API, os desenvolvedores podem integrar coisas como previsão do tempo, dados da agenda, altitude, dados de sensores do relógio ou do smartphone, ou dados vindos de um app específico.

Mostrador da Specialized

Por exemplo, temos o mostrador desenvolvido pela empresa de ciclismo Specialized. Além do visual bacana que lembra fibra de carbono, ele exibe a temperatura atual, os horários do nascer e por do Sol e sua velocidade atual, o que, presumo, vem do app da Specialized. É um ótimo exemplo do tipo de informações que um ciclista iria querer acessar com facilidade. Se a sua praia é surfar, a Surfline tem um mostrador que exibe informações sobre as marés locais, previsões de ondas e condições, além da direção e velocidade do vento.

Tem algumas que são apenas muito bonitas, como essa de cima feita pelo designer de raio-X Hugh Turvey. Um mostrador simples e forte do designer tipográficos Craig Ward, um da designer de moda Rebecca Minkoff e, por que não, pequenos e adoráveis minions do filme Meu Malvado Favorito. A ideia é que haja um mostrador que combine perfeitamente com o que quer que você esteja vestindo, e para todas as ocasiões. Tudo muito legal, mas tem um em especial que está me deixando maluco…

Mostrador do Pac-Man

PAC-MAN! Sim, a Bandai-Namco fez um mostrador do Pac-Man. O Pac-Man em si vira o ponteiro de segundos e rodeia o relógio comendo pontos, frutas e fantasmas. Ele apenas mostra a hora. Sim, só isso. Nada de temperatura, sensores, nada disso, mas eu achei massa demais, quero ele no meu pulso e nada do que você disser me fará mudar de ideia.

Você poderá baixar esses mostradores, um de cada vez, em uma seção especial no Google Play, criada para facilitar a descoberta deles. A instalação é tão fácil quanto a de um app.

Espere, tem mais!

Essa atualização do Android Wear é mais do que mostradores bonitinhos. Há um monte de novos recursos a caminho também, alguns deles pedidos desde junho.

Primeiro, você finalmente poderá desfazer a remoção acidental de um cartão. Se você está acostumado com o Tinder onde deslizar para a direita é uma coisa boa e acidentalmente descartou um cartão que precisava, agora quando isso acontecer haverá um botão de desfazer flutuando na telinha por cinco segundos.

Também há dois novos modos: modo Luz solar e modo Cinema. O modo Luz solar temporariamente o brilho da tela por um curto espaço de tempo, então se você de repente se encontrar sob Sol forte e precisar ver que horas são ou uma notificação, não será preciso mergulhar em um milhão de configurações para conseguir o que quer. O modo Cinema é o oposto. Ative-o e a tela ficará totalmente preta, e todas as notificações ficarão mudas. O Google está aproveitando o botão físico do seu relógio (caso ele tenha um), então um clique duplo ativa o modo Cinema e um triplo, o modo Luz solar. Bem cômodo.

O Google também reformulou o gesto de deslizar de cima para baixo. Hoje, ele apenas coloca o relógio no mudo ou não, mas agora existe um punhado de configurações rápidas, incluindo os modos citados acima. Se o seu relógio estiver pareado com um smartphone rodando Android 5.0 Lollipop, poderá selecionar se deseja receber todas as notificações, nenhuma ou apenas as prioritárias de acordo com as configurações previamente estabelecidas.

Outra melhoria: hoje, quando você toca na tela do relógio recebe a tela “Fale Agora”, de modo que é preciso um gesto para cima para ir à tela inicial onde se escolhem apps ou ações. Agora isso foi combinado, então basta um toque na tela e ele estará pronto para receber seu comando de voz, mas também já exibirá a interface inicial. Melhor ainda, seus apps mais usados serão exibidos primeiro, para acesso mais fácil.

Novos mostradores do Android Wear

Há outras melhorias, como uma forma fácil de bloquear notificações de qualquer app diretamente do relógio e supostas centenas de correções de bugs que podem ou não ser óbvios. Este é a maior atualização do Android Wear até o momento e é bom ver que o Google parece encarar isso com seriedade, liberando atualizações constantes. Pode ser, também, uma tentativa de emplacar o Android Wear antes que o Apple Watch chegue, daqui a alguns meses. A guerra pelo seu pulso ainda nem começou… [Google]