Por: Daniel Junqueira

Mario? Zelda? Metroid? Nada disso. O primeiro jogo da Nintendo para smartphones usará os avatares Mii.

A Nintendo anunciou hoje qual será o primeiro título da empresa a dar as caras nos smartphones. Ele se chamará Miitomo (tomo é uma palavra em japonês para “amigo”) e usa os avatares Mii, introduzidos no lançamento do Wii e que até hoje estão presentes nos consoles da empresa.

miitone-2

Miitomo vai ser, digamos, um jogo social. Nele, você cria o seu Mii (em um novo sistema de contas da Nintendo que falaremos mais adiante) e pode conversar com outros Miis que encontrar por aí. Mais do que isso: o seu Mii fala por você. Ao cadastrar o boneco, você responde a uma série de perguntas e, com base nas suas respostas, seu Mii se comunicará com os outros.

Eles inclusive tomarão a iniciativa de iniciar conversas com outras pessoas, com base nessas suas respostas. É um jogo sobre fazer e conversar com amigos, em que o próprio jogo pode fazer amigos por você.

miitomo-3

Miitomo será lançado em março de 2016 para smartphones e tablets (as plataformas não foram confirmadas, mas chuto que Android e iOS receberão o app, talvez não ao mesmo tempo, mas os dois terão) e será free-to-play.

Ok, esse definitivamente não era o jogo que esperávamos ver como o primeiro da Nintendo nos smartphones (é um jogo mesmo?), mas a ideia de usar os Miis para conversar nesses dispositivos não deveria surpreender, já que o falecido presidente Satoru Iwata falou exatamente isso quando a empresa anunciou os jogos mobile. Diz o IGN:

“Por exemplo, alguns consoles da Nintendo incorporam os Miis, que criam um avatar digital para representar os jogadores”, disse Iwata. “Seria divertido para os jogadores usarem os personagens Miis como ícones em mídias sociais. Estamos desenvolvendo uma aplicação que permitirá que usuários façam isso. O app será anunciado mais ou menos na época do lançamento dos resultados do ano inteiro.”

Bem, é isso: a Nintendo anunciou Miitomo há meses e ninguém deu bola. (Ok, a gente achou que seria um app separado, e não um dos jogos). E hoje, ao anunciar o balanço anual, a empresa confirmou que o aplicativo se chamará Miitomo.

Ele será free-to-play, mas os outros quatro títulos que a empresa promete lançar até março de 2017 serão pagos: esperamos que sejam mais próximos de jogos de verdade, quem sabe recuperando alguma franquia antiga da Nintendo que esteja esquecida.

O Miitomo já será integrado a um novo sistema de contas da Nintendo, que parece muito mais inteligente do que o usado atualmente (que deixa muito a desejar, mas muito mesmo). Será possível se cadastrar usando um email, uma conta da Nintendo Network, o Facebook, Twitter e até o Google+. Depois de cadastrado, o serviço permitirá, por exemplo, enviar arquivos de save para a nuvem (finalmente!), e quanto mais você jogar, mais poderá ganhar descontos. Perto do seu aniversário a empresa oferecerá alguns descontos especiais também.

mii-tomo-4

miitomo-5

O novo sistema se chama My Nintendo e poderá ser acessado de smartphones, tablets, PCs, consoles e portáteis da Nintendo e até em parques temáticos. Enfim a Nintendo tem um serviço mais adequado para o ano de 2015. [Kotaku, The Verge, TechCrunch]