A Black Friday está chegando e há muitos brasileiros ansiosos para fazer compras e (tentar) economizar um pouco. Aproveitando-se desse espírito, diversos anúncios falsos começaram a surgir no Facebook – mas a rede social não os retirou do ar após receber denúncias.

Facebook admite que compra senhas roubadas no mercado clandestino
Todas as coisas esquisitas que o Facebook sabe sobre você para vender anúncios

O jornalista Renan Lopes reuniu alguns exemplos no Twitter. Esta é uma oferta da página “Americanas.com Saldão Eletrônicos Da Maior Loja, Menos Preços”:

facebook anuncios falsos (3)

E esta é uma promoção da página Mega Oferta, que usava o logotipo da Americanas.com, sobre uma TV 4K por menos de R$ 1.600 – uma oferta boa demais para ser real:

facebook anuncios falsos (2)

A Americanas.com confirmou ao Gizmodo Brasil que essa página é falsa; a página oficial tem o selo ✓ de verificado. Ainda assim, o Facebook não acatou a denúncia de que isso era uma fraude, dizendo que ela “não viola nossos Padrões da Comunidade”.

Enquanto isso, a página Esquenta Black-Friday usava o logotipo do Walmart e prometia uma TV 4K de 60 polegadas por menos de dois mil reais – outra oferta difícil de se acreditar. Ela tinha como URL oficial o endereço blekfladey.com.br, que é bem suspeito e nem funciona.

facebook anuncios falsos (5)

Pior: ao digitar “esquenta black” na caixa de busca do Facebook, apareciam oito resultados de páginas falsas usando logotipos do Walmart.com e da Americanas.com:

facebook anuncios falsos (1)

Enquanto isso, a página “A maior promoção ta chegando esquenta Black.Friday” acumulava mais de 500 curtidas:

facebook anuncios falsos (3)

O Gizmodo Brasil entrou em contato com a assessoria do Facebook, listando os links dessas páginas enganosas. Após algumas horas, todas elas foram removidas e saíram do ar.

Além disso, Renan nos diz que “todas as páginas que denunciei para o Facebook, que inicialmente não tinham nada de errado, agora foram removidas – e eles mudaram a mensagem”. Agora, o Facebook agradece o usuário e diz que “como a página violava nossos Padrões de Comunidade, nós a removemos”:

facebook anuncios falsos (2)

Questionamos se o Facebook estava ciente deste problema, e quais providências eles estavam tomando neste sentido, mas ainda não obtivemos resposta.

A Americanas.com diz em comunicado ao Gizmodo Brasil que “recomenda ao usuário conferir sempre se o Facebook verificou e confirmou que é uma Página autêntica da marca. Para isso, basta passar o mouse no nome Americanas.com, no canto esquerdo superior da Página, para visualizar o aviso”. Procurado, o Walmart.com não se pronunciou.

Além de checar se a página é verificada, também é importante desconfiar de ofertas boas demais para serem verdade – porque elas geralmente servem de isca para enganar o usuário.

Em setembro, Renan havia encontrado uma página falsa tentando se passar pelo Buscapé e exibindo propagandas no feed do Facebook; ela foi removida desde então.

Este tipo de problema não acontece só no Brasil. Em maio, o analista Josh Bernoff notou que alguns anúncios do Facebook nos EUA, supostamente da ESPN, na verdade levavam a um site que servia de isca para o usuário comprar um suplemento alimentar.

Screen-Shot-2016-11-12-at-7.57.34-PM

E, há poucos dias, o jornalista Doc Searls reparou que o mesmo tipo de golpe continua sendo aplicado: o anúncio diz ser da espn.com, mas na verdade leva você para o endereço espn.com-magazines.online, que tenta convencer você a comprar um suplemento.

O Facebook tem um alcance enorme no Brasil e no mundo, e os anúncios falsos – com links que aparentam ser legítimos – podem confundir muita gente, em especial usuários mais leigos. A rede social tem responsabilidade quanto a propagandas que entram no feed de notícias, mas parece que eles não estão fazendo muito a respeito.

Foto por Simon Steinberger/Flickr