O Facebook sabe mais sobre a sua vida pessoal do que você imagina. Parte da operação de publicidade da companhia envolve monitorar os hábitos dos usuários, e isso inclui um monte de informação sobre o seu dia-a-dia e dos seus interesses gerais. Nós sempre soubemos que muitos dados eram coletados, mas não tínhamos detalhes. Isso mudou.

Impeça o Facebook de rastrear tudo o que você faz pela internet
Facebook recomenda amigos usando sua localização? Saiba como desativar
A disputa Facebook vs. Adblock Plus sobre bloqueio de anúncios está só começando

A rede social publicou um portal sobre anúncios segmentados com o objetivo de ajudar os anunciantes, e também atualizou as preferências de privacidade para facilitar a compreensão dos usuários. As ferramentas agora revelam 98 itens que o Facebook analisa para direcionar publicidade – não há nada muito grave, mas não deixa de causar um certo desconforto, afinal eles sabem coisas demais.

Existem vários dados óbvios, como a data do seu casamento, quando foi sua última viagem de férias ou o nascimento do filho. A maior parte dos dados são coletados a partir dos próprios posts dos usuários.

Mas tem também uma porção de coisas que não são enviadas voluntariamente, como por exemplo o número de linhas de crédito que você possui, se você é um investidor, no que você investe, se você usa cupons de desconto, entre outros.

Segundo o Facebook, essas informações super pessoais são coletadas de algumas formas. A primeira maneira é a mais óbvia: monitorando as atividades na rede, nos seus dispositivos e na sua localização.

A companhia também te monitora enquanto você navega por outros sites. Como explica o Washington Post, o Facebook sabe quando você acessa uma página que tenha o botão “Curtir” ou “Compartilhar”. Eles também oferecem aos sites uma ferramenta chamada Facebook Pixel, que permite monitorar as visitas de qualquer usuário da rede. É possível evitar esse monitoramento seguindo estas instruções.

Além disso, a rede social oferece opções de direcionamento de anúncios a partir de dados coletados por empresas como a Experian, Acxiom e Epsilon, que reúnem informações e constroem perfis de consumidores a partir de registros governamentais, pesquisas e fontes comerciais (como listas de assinantes de revistas).

A partir dessas informações, o Facebook começa a descobrir se você tem filhos, se é casado e se pretende comprar um carro. Então eles vendem você como um alvo para os anunciantes. Nem todas as suposições que eles fazem estão corretas, mas isso não importa muito. O Facebook construiu um império de US$ 355 bilhões se apoiando principalmente nessas informações.

Para ajustar suas preferências de anúncios – o que inclui barrar propagandas baseadas no uso de sites e aplicativos, ou anúncios em apps e sites fora do Facebook – clique aqui. Para saber quais interesses o Facebook acha que são mais relevantes para você, clique aqui.

Abaixo seguem as 98 coisas que o Facebook sabe sobre você. [Washington Post]

  1. Localização
  2. Idade
  3. Geração
  4. Gênero
  5. Idioma
  6. Nível de ensino
  7. Campo de estudo
  8. Escola
  9. Afinidade étnica
  10. Renda e patrimônio líquido
  11. Propriedade imobiliária e tipo
  12. Valor do imóvel
  13. Tamanho do imóvel
  14. Metragem quadrada do imóvel
  15. Ano em que o imóvel foi construído
  16. Composição familiar
  17. Usuários que têm aniversários para comemorar em 30 dias
  18. Usuários que estão longe da família ou da cidade natal
  19. Usuários que são amigos de alguém que fará aniversário, que é recém-casado ou comprometido ou que se mudou recentemente
  20. Usuários que estão em relacionamento à distância
  21. Usuários em novos relacionamentos
  22. Usuários que entraram em novos empregos
  23. Usuários que acabaram de noivar
  24. Usuários recém-casados
  25. Usuários que se mudaram recentemente
  26. Usuários que farão aniversário em breve
  27. Usuários que têm filho(a)
  28. Futuros pais
  29. Mães, divididas por “tipo” (suburbana, moderna etc.)
  30. Usuários que têm maior propensão em se engajar em política
  31. Conservadores e liberais
  32. Status de relacionamento
  33. Empregador
  34. Indústria
  35. Cargo
  36. Tipo de escritório
  37. Interesses
  38. Usuários que possuem uma motocicleta
  39. Usuários que planejam comprar um carro (e qual tipo de carro/marca, e em quanto tempo)
  40. Usuários que compraram autopeças ou acessórios recentemente
  41. Usuários que podem precisar de autopeças ou serviços
  42. Estilo e marca do carro que dirige
  43. O ano em que o carro foi comprado
  44. O ano do carro
  45. Quanto dinheiro o usuário pretende gastar no próximo carro
  46. Onde o usuário pretende comprar o próximo carro
  47. Quantos empregados sua empresa tem
  48. Usuários que possuem um pequeno negócio
  49. Usuários que trabalham como gerentes ou executivos
  50. Usuários que fizeram doações para a caridade (dividida por tipo)
  51. Sistema operacional
  52. Usuários que jogam pelo celular ou tablet
  53. Usuários que jogam em consoles
  54. Usuários que já criaram um evento no Facebook
  55. Usuários que já usaram o Facebook Payments
  56. Usuários que gastaram mais do que a média com o Facebook Payments
  57. Usuários que administram uma página no Facebook
  58. Usuários que recentemente enviaram fotos para o Facebook
  59. Navegador web usado
  60. Serviço de e-mail
  61. Se adotam novas tecnologias rapidamente ou não
  62. Estrangeiros (divididos por país de onde vieram)
  63. Usuários que pertencem a uma companhia de crédito, banco nacional ou regional
  64. Usuários que investem (divididos por tipo de investimento)
  65. Número de linhas de crédito
  66. Usuários que são usuários frequentes de cartões de crédito
  67. Tipo de cartão de crédito
  68. Usuários que tem um cartão de débito
  69. Usuários que mantém um saldo em seu cartão de crédito
  70. Usuários que escutam rádio
  71. Preferências em programas de TV
  72. Usuários que utilizam um dispositivo móvel (divido por marca)
  73. Tipo de conexão com a internet
  74. Usuários que compraram um smartphone ou tablet recentemente
  75. Usuários que acessam a internet por um smartphone ou tablet
  76. Usuários que usam cupons de desconto
  77. Tipos de roupas que se costuma comprar
  78. Período do ano em que a família mais faz compras
  79. Usuários que são compradores “assíduos” de cervejas, vinhos ou outros tipos de bebidas alcoólicas
  80. Usuários que compram mantimentos (e quais tipos)
  81. Usuários que compram produtos de beleza
  82. Usuários que comprar medicamentos antialérgicos, contra gripe, dor ou outros tipos
  83. Usuários que gastam dinheiro com produtos para o lar
  84. Usuários que gastam dinheiro com produtos para animais de estimação, e quais tipos de animais
  85. Usuários cujas famílias fazem mais compras do que a média
  86. Usuários que tendem a fazer compras online (ou offline)
  87. Tipos de restaurantes que o usuário costuma frequentar
  88. Tipos de lojas em que o usuário costuma comprar
  89. Usuários que são “receptivos” a ofertas de empresas oferecendo seguros para automóveis, cursos superiores ou hipotecas e cartões e TV a cabo pré-pagas
  90. Há quanto tempo o usuário vive naquela casa
  91. Usuários que podem se mudar em breve
  92. Usuários interessados nas Olimpíadas, futebol, críquete ou no Ramadã
  93. Usuários que viajam frequentemente, por trabalho ou por lazer
  94. Usuários que precisam percorrer longas distâncias para ir ao trabalho
  95. Tipos de viagens de férias em que o usuário tende a ir
  96. Usuários que voltaram recentemente de uma viagem
  97. Usuários que recentemente utilizaram um aplicativo de viagens
  98. Usuários que têm propriedade compartilhada (timeshare)