A Roku anunciou nesta quarta-feira (8) que fechou um acordo com o Google para continuar distribuindo os aplicativos YouTube e YouTube TV em sua plataforma. A decisão chega após um desacordo entre as duas partes que se arrastava desde abril deste ano.

“Roku e Google concordaram em uma extensão de vários anos para o YouTube e YouTube TV”, disse um porta-voz da Roku em comunicado. “Este contrato representa alo positivo para nossos clientes compartilhados, disponibilizando o YouTube e o YouTube TV para todos os streamers da plataforma Roku”.

Roku x Google

O desacerto entre as empresas começou quando a Roku retirou o YouTube TV de sua grade, alegando que o Google fazia exigências anticompetitivas — como colocações excessivas para os aplicativos, além de exigir que a Roku usasse certos chips.

O Google, então, respondeu que as afirmações da Roku eram “infundadas”, e que o foco era “garantir uma experiência consistente e de alta qualidade para os telespectadores”.

Assine a newsletter do Gizmodo

Caso o impasse não tivesse sido resolvido até a sexta-feira (9), o Google planejava retirar o aplicativo do YouTube do Roku — o que seria uma perda para basicamente todos os envolvidos, mas especialmente para os usuários da TV, que não conseguiriam mais baixar um dos aplicativos de vídeos mais importantes do mundo.

Não há detalhes sobre como o contrato foi resolvido, mas os usuários poderão ter o aplicativo do YouTube TV de volta em seu dispositivo Roku em breve. Já não era sem tempo.