Eis uma coisa que você não costuma ver todos os dias: água quicando. A GE desenvolveu uma superfície incrivelmente super-hidrofóbicas no seu Laboratório de Pesquisa Global em Nanotecnologia e eles gravaram os resultados com câmeras de altíssima velocidade. 

Olá, todo mundo. Tenho aqui uns vídeos excelentes que eu quero compartilhar com você! Usando uma câmera de alta velocidade no laboratório, nós finalmente pudemos capturar os detalhes da água dançando sobre estas incríveis superfícies super-hidrofóbicas. Nós descobrimos que mesmo quando as superfícies tinham o mesmo ângulo de contato para gotículas d’água estacionárias, a sua capacidade de resistência a ficarem molhadas com gotículas impactantes poderia ser totalmente diferentes. Nos três vídeos a seguir, os ângulos de contato de uma gotícula estacionária em todas as três superfícies são de 150 graus. Quando uma gotícula impactante (com a mesma velocidade de impacto) atinge as superfícies, a gotícula pode ficar na superfície ou quicar para fora.



Veja como a gotícula d’água se espalha, recua, irrompe em infinitas outras gotículas e completamente decola…. é exatamente isto o que queríamos em uma superfície resistente a gotículas impactantes! Daí você pensa: o que poderíamos fazer com algo tão legal como isto? Imagine aplicações que envolvam gotículas d’água em alta velocidade, como pás de turbinas, asas de aeronaves, ou mesmo o seu carro em movimento. Estas são apenas algumas das emocionantes possibilidades que temos em mente.

[Make]