Os usuários do Android têm muitas razões para odiar a Apple, mas a empresa lhes deu mais uma: ela está tirando o popular aplicativo de clima Dark Sky. Em um anúncio em seu blog nesta terça-feira (31), a Dark Sky disse que estava se unindo à Apple e, como resultado, está encerrando o acesso à API em 2022 e descontinuando o aplicativo para Android.

Embora os detalhes sobre o valor pelo qual a Dark Sky foi vendida não estivessem disponíveis, a mudança tem muitas implicações. Na verdade, são boas notícias para os usuários do iPhone; se você já usou o aplicativo meteorológico nativo do iOS, sabe que é uma porcaria. Enquanto isso, o Dark Sky ganhou a reputação de ser um dos melhores aplicativos climáticos por seu foco em previsões de precipitação por hora hiperlocal. Embora fosse um aplicativo apenas para iOS por quatro anos, a empresa finalmente introduziu um aplicativo para Android em 2016.

O triste é que os dias do aplicativo para Android – tanto em smartphones quanto em relógios inteligentes Wear OS – agora estão contados. O aplicativo não estará mais disponível para download e o serviço para usuários existentes será encerrado após 1 de julho de 2020. Os assinantes do Android que ainda estiverem usando o aplicativo nesse momento receberão um reembolso.

Outra má notícia é que o serviço de API para aplicativos de terceiros em breve será cancelada. A Dark Sky diz que não está mais aceitando novas inscrições e que, para os clientes existentes, a API só funcionará da forma que ocorre atualmente até o final de 2021. Como parte da transição, a Dark Sky também diz que o uso da API estará sujeito à política de privacidade da Apple.

O site da Dark Sky também não escapou. Previsões meteorológicas, mapas e incorporações terminarão após 1º de julho de 2020. Além dessa data, o site “permanecerá ativo…em suporte a clientes de aplicativos API e iOS”.

Por falar nisso, os usuários do Dark Sky no iOS também não devem ficar muito confortáveis. Embora a empresa afirme que não haverá mudanças no momento, é possível ou até provável que a Apple o inclua nativamente no iOS mais adiante.

“Nosso objetivo sempre foi fornecer ao mundo as melhores informações meteorológicas possíveis, ajudar o maior número possível de pessoas a permanecer seco e seguro e fazê-lo de uma maneira que respeite sua privacidade”, diz o blog. “Não há lugar melhor para atingir esses objetivos do que na Apple”.

Esse sentimento é esperado, considerando que a Apple agora é dona do Dark Sky. Mas também é meio intrigante, pois há muito mais usuários Android do que usuários iOS em todo o mundo.

A Apple definitivamente não precisava dar um fim ao aplicativo para Android, o site ou a API, que é usada por muitos outros aplicativos climáticos populares de terceiros. Embora os usuários do iOS possam estar felizes com o fato de o aplicativo climático nativo provavelmente se tornar um pouco melhor, foi muito radical a Apple cortar os usuários do Android de um serviço popular – especialmente porque ela provavelmente lucraria com aqueles que desejassem continuar pagando pelas assinaturas do Dark Sky.