A Apple acabou de lançar a linha de produtos M1, e aparentemente já está preparando a próxima onda de computadores movidos pelos múltiplos sucessores do chip. E caros leitores, estamos falando de muitos computadores e chips aqui.

De acordo com matéria da Bloomberg, a Apple planeja um upgrade completo em toda a linha MacbBook, incluindo um novo MacBook Pro, MacBook Air e Mac Pro e mini, ainda esse ano.

Os novos MacBook Pro podem vir em versões de 14 e 16 polegadas, com porta MagSafe, e mais opções de portas como HDMI e leitor de cartão SD. No entanto, esses dois MacBook Pros não funcionarão com um único chip Apple Silicon de próxima geração. Eles serão alimentados por dois chips separados chamados Jade C-Chop e Jade C-Die, respectivamente. Esses são alguns nomes de ficção científica, mas espera-se que ambos tenham 10 núcleos (oito de alto desempenho e dois de baixo consumo de energia). Ambos chips também virão em “variações de núcleo gráfico de 16 ou 32” e podem ir até 64 GB de RAM.

O próximo Mac Mini também terá um desses chips e mais duas portas, totalizando quatro. O novo Mac Pro oferecerá uma escolha entre mais dois chips que são “duas ou quatro vezes mais poderosos” do que o Jade C-Chop e o Jade C-Die.

Prepare-se para mais alguns codinomes. Esses novos chips vão ser chamados de Jade 2C-Die e Jade 4C-Die. A Bloomberg afirma que esses chips virão em variações de 20 e 40 núcleos. Além disso, 16 ou 32 serão núcleos de performance, com o resto sendo de eficiência. Para gráficos, isso significa 64 ou 128 núcleos.

E tem mais! O planejado MacBook Air terá mais um chip, de codinome Staten, que é basicamente uma versão mais rápida do M1. O chip Staten também aumenta os núcleos gráficos em até nove ou 10 e deve alimentar o futuro MacBook Pro de 13 polegadas.

Não havia muitos detalhes no novo iMac, além de ser maior do que o colorido iMac de 24 polegadas que a Apple acabou de lançar em seu evento “Spring Loaded” (2021). De acordo com a Bloomberg, a Apple interrompeu o desenvolvimento do iMac há alguns meses para se concentrar melhor no modelo de 24 polegadas.

Assine a newsletter do Gizmodo

Do ponto de vista do usuário de PC, o fato de a Apple ter colocado o chip M1 em cada um de seus novos dispositivos este ano gera incômodo. A verdade é que parece ter sido uma estratégia temporária para a transição dos novos processadores, porque se esses rumores se confirmarem, a Apple estará lançando cinco novos chips. É muito para processar.

[Bloomberg]