Assim como o Google, a Apple também divulgou sua lista de melhores aplicativos e jogos da App Store de 2019. A empresa classificou os vencedores de acordo com os dispositivos: iPhone, iPad, Mac e Apple TV. Além disso, também há uma categoria de tendências, que oferece uma interpretação do que ferramentas e games mais populares têm em comum.

Além dessa curadoria da Apple, a empresa disponibiliza a lista dos apps e games mais baixados do ano. Em 2019, YouTube (1º lugar), Instagram (2º), Snapchat (3º) e TikTok (4º) lideraram as primeiras posições do ranking global de aplicativos. No caso de jogos, os mais baixados foram: Mario Kart Tour (1º lugar), Color Bump 3D (2º), aquapark.io (3º) e Call of Duty Mobile (4º).

No Brasil, o ranking foi um pouco diferente: WhatsApp (1º lugar), Instagram (2º), YouTube (3º) e Facebook (4º). O NuBank também figura na lista, em 12º lugar, com 18 milhões de downloads entre outubro de 2018 e outubro de 2019. Isso posiciona a fintech brasileira como o app de banco digital mais baixado do mundo. Para a lista de jogos no Brasil, a classificação foi: Garena Free Fire Spooky Night (1º lugar), Color Bump 3D (2º), Fun Race 3D (3º), e Trivia Crack (4º).

O melhor app do ano para iPhone, eleito pela Apple, foi o Spectre Camera (Lux Optics), uma ferramenta de inteligência artificial que permite tirar fotos melhores. Para iPad, o vencedor foi o Flow by Moleskine (Moleskine), um app de criação para quem trabalha com ilustração ou gosta de desenhar. O Affinity Publisher (Serif Labs) foi eleito o melhor app para Mac, sendo possível utilizá-lo para criar diferentes tipos de design para uma variedade de conteúdos, desde um livro a folhetos. No caso da Apple TV, o escolhido foi The Explorers (The Explorers Network), uma ferramenta colaborativa para compartilhar e explorar fotos e vídeos de diversos lugares do planeta.

A tendência de 2019 em aplicativos foi “Storytelling Simplificado”, ou seja, ferramentas que ajudam a reunir e editar conteúdos para contar histórias. Segundo a Apple, aplicativos como Anchor (Anchor FM), Canva: Stories & Video Maker (Canva), Unfold (Unfold Creative), Steller (Expedition Travel Advisor), Spark Camera (Dayworks), Over (Over, Inc) e Wattpad (Wattpad Corp) permitem que “qualquer pessoa possa se expressar por meio de podcasts em movimento, romances únicos e colagens de fotos realistas de uma maneira mais fácil do que nunca”.

Na categoria games, o melhor jogo de 2019 para iPhone foi Sky: Children of the Light (thatgamecompany), em que o objetivo é sobrevoar terras para ajudar criaturas celestiais a voltarem para o céu. O game do ano para iPad foi o Hyper Light Drifter (Abylight S.L.), um jogo 16-bit de ação em que o jogador deve sobreviver enquanto explora cenários que parecem um sonho. Já o escolhido para Mac foi GRIS (Devolver/Nomada Studio), com quebra-cabeças que exploram o processo emocional de enfrentar uma perda trágica. Para Apple TV, o eleito foi Wonder Boy: The Dragon’s Trap (DotEmu), um game popular dos anos 80.

A tendência de jogos de 2019, segundo a Apple, foi “Blockbusters Reimagined”. Jogos clássicos antigos foram reimaginados, não apenas repaginados; o que significa que eles são lançamentos originais criados para essas novas plataformas. De acordo com a empresa, este ano, os desenvolvedores apostaram em títulos já conhecidos, mas adicionaram a eles “tecnologia de ponta, design arrojado e recursos inovadores que proporcionaram um nível de profundidade e qualidade que nunca se pensava possível em dispositivos móveis”.

Entre os jogos citados estão: “Mario Kart Tour” e “Dr. Mario World” (Nintendo), “Minecraft Earth” (Mojang), “Pokémon Masters” (DeNA Co), “Assassin’s Creed Rebellion” (Ubisoft), “Gears POP!” (Microsoft Corporation), “The Elder Scrolls: Blades” (Bethesda), Alien: Blackout (D3PA) e “Call of Duty: Mobile” (Activision Publishing).

Com o lançamento do Apple Arcade, a lista desse ano também incluiu essa nova categoria, sendo Sayonara Wild Hearts (Simogo) o vencedor. O jogo de aventura envolve motos e espadas, o que o torna popular entre jogadores que buscam games de adrenalina.