O Wall Street Journal diz que a Apple quer se expandir no ramo de pagamentos móveis para além de compras no iTunes. Ou seja, ela planeja concorrer no espaço dominado por nomes como PayPal, Square e Google.

Fontes anônimas dizem ao WSJ que Eddy Cue – responsável pelo iTunes – se encontrou com outras empresas para discutir este interesse em lidar com pagamentos. Além disso, a Apple teria encarregado a executiva Jennifer Bailey de criar uma divisão de pagamentos dentro da empresa.

A Apple ainda não oferece uma forma de pagar por compras on-line de outros sites através de uma conta iTunes. A empresa se ​​interessou em inserir este recurso de pagamento no Passbook, porém a ideia não vingou.

Mas há 575 milhões de usuários registrados no iTunes; é quase surpreendente que este serviço ainda não exista. E nós sabemos que isto é possível: as lojas físicas da Apple permitem que os clientes paguem por produtos usando suas contas do iTunes.

Bem, por enquanto isto ainda é um rumor: a Apple, claro, não quis comentar o assunto oficialmente ao WSJ. Mas o setor de pagamentos móveis está se aquecendo, e se a Apple entrar no jogo, ela poderia acelerar o processo de substituir nossas carteiras por smartphones. [WSJ]