A Apple começou a vender nesta semana os cases oficiais com bateria extra para os iPhones Xs, Xs Max e XR. As capinhas custam US$ 129 na gringa, independente do modelo do celular. No Brasil, o produto é vendido por R$ 1.199 e está disponível nas cores preta e branca.

Apple culpa China, dólar forte e troca de baterias por vendas fracas de iPhones
A Apple não veio à CES, mas está por toda parte

A descrição do produto cita que os cases são “inteligentes”. Isso porque o iOS reconhece quando estão conectadas ao celular e mostram a porcentagem de bateria na tela de bloqueio e na Central de Notificações.

Para termos ideia da autonomia adicional proporcionada pela capinha, o site da Apple diz que, se usada no iPhone XR, ela eleva o tempo de uso de internet para 22 horas – contra 15 horas sem o case.

O produto é compatível com carregamento sem fio, o que significa que você pode colocar o iPhone sobre uma estação e tanto a capinha quanto o celular vão recarregar simultaneamente.

Falando nisso, o site da Apple na Malásia acabou deixando escapar que essas capinhas são compatíveis com o AirPower, acessório de carregamento sem fio que a Apple prometeu para 2018 e que ainda não foi lançado.

Conforme aponta o MacRumors, constava na descrição do produto que a Smart Battery Case “é compatível com a estação de carregamento sem fio AirPower e outros carregadores com o padrão Qi”. Em outras regiões, havia a menção apenas para carregadores Qi.

Nesta semana, outros rumores indicaram que a Apple estaria iniciando a produção em massa do seu acessório que será capaz de carregar diversos dispositivos ao mesmo tempo. Será que 2019 é o ano do AirPower?