Esta semana, o iFood e o Uber Eats, dois dos principais aplicativos de entrega de comida, anunciaram que vão lançar um novo recurso que permite que os usuários retirem seu pedido no próprio estabelecimento.

No iFood, o serviço se chama “PraRetirar” e está em fase de testes em São Paulo desde o início de junho. Por enquanto, alguns dos restaurantes participantes incluem Gendai, Pizza Hut, Habib’s e todos do Shopping União Osasco. No momento, essa opção pode ser selecionada na Sacola, quando o usuário for finalizar o pedido. Mas, com a expansão do serviço para outros locais, o iFood afirma que será possível filtrar logo na tela inicial quais estabelecimentos oferecem a opção.

Já o modo “Retirada” do Uber Eats deve ser lançado em São Paulo até julho, segundo comunicado da empresa. Para utilizar a função, é preciso informar o endereço, data e horário de entrega, e selecionar o modo Retirada. A partir das informações, será exibida uma lista de restaurantes próximos que oferecem a opção. Depois, basta fazer o pedido e o app vai avisar quando estiver pronto. Segundo a empresa, o modo Retirada do Uber Eats já funciona em outros países da Europa e dos EUA. Aqui na América Latina, os testes começaram a ser feitos no México e na Costa Rica.

Se você é do tipo que utiliza esses apps principalmente pela conveniência de receber a comida na sua porta sem precisar sair de casa, essa novidade parece não fazer muito sentido. No entanto, o recurso pode ser útil em determinadas situações. Caso você esteja próximo ao estabelecimento, por exemplo, pode economizar com a taxa de entrega (que muitas vezes são absurdamente caras) e desfrutar do seu pedido mais rápido, quando a comida ainda está quente, em vez de esperar pelo entregador e correr o risco de receber uma marmita toda revirada.

Ou seja, há dois pontos positivos: economia, já que não é preciso pagar uma taxa de entrega; e menores riscos de ter problemas com o pedido e se estressar com o entregador. Nesse último caso, por exemplo, ao retirar o pedido no próprio estabelecimento, você já pode conferir se está tudo certo e resolver qualquer problema ali na hora. Se você já recebeu alguma comida errada, sabe como pode ser cansativo todo o processo de tentar encontrar o telefone do local, conseguir entrar em contato com eles e aguardar até que descubram qual foi o erro, retornem o contato e enviem outro entregador. Dependendo do seu nível de fome, sua paciência já se esgotou há muito tempo e as chances de você avaliar mal tanto o app como o restaurante são altíssimas.

Por isso, se você parar pra pensar, a possibilidade de retirar o pedido no estabelecimento pode, sim, ser benéfico para todos os lados. Resta agora saber se a novidade vai ter um nível de adesão suficiente para as empresas decidirem expandir o recurso para outros estabelecimentos e cidades.