Com uma nove-milímetros, este cara atirou no iPhone com intenção de matar. E depois tocou fogo nele.

Ele diz que comprou os três iPhones quando foram lançados, teve uma relação sem maiores problemas mas achou que eles não mereciam viver mais quando a Apple rejeitou o app para o Google Voice. Segundo o atirador, "a Apple está transformando consumismo em comunismo" e vai mostrar que é "mais maligna do que a Microsoft sonharia em ser".

Chega dói ver as entranhas do iPhone saindo pelas costas… Mas quando ele pega fogo, fica bem melhor. Plástico derretendo sempre é divertido. [BuzzFeed via Giz US]