No Universo Cinematográfico Marvel (MCU), a parceria que conhecemos entre Capitão América e Homem de Ferro quase não aconteceu. Isso porque o ator que fez o soldado, Chris Evans, hesitou muito em aceitar o papel.

Segundo revelação do The Story of Marvel Studios, livro que conta os bastidores do MCU, o chefão do Marvel Studios na época, Kevin Feige, e o produtor Stephen Broussard estavam decididos a escalar Sebastian Stan como Steve Rogers. Porém, o produtor Joel Silver havia trabalhado com Evans em Os Perdedores (2010) e achou que ele seria perfeito para o herói.

Robert Downey Jr., que fez o Homem de Ferro nos cinemas, apoiou Silver e incentivou o colega a fazer o teste. Chris revela que estava hesitante por entrar em algo com múltiplos filmes como seria a saga de Vingadores. “É um grande compromisso fazer esses filmes da Marvel”, disse Evans.

“Inicialmente, a oferta era de nove filmes, depois foi para seis. Mas seis filmes podem durar muito tempo. Minha preocupação era o fato de que esta seria uma experiência de mudança de vida e o seguinte compromisso seria mais do que eu poderia suportar. Mas não foi o caso. Foi a melhor decisão que já tomei”, revela o ator.

E foi uma longa jornada, começando em Capitão América: O Primeiro Vingador (2011) com sua história de origem, estreando o grupo que conhecemos em Os Vingadores (2012), os altos e baixos entre Tony Stark em Capitão América: Guerra Civil (2016), o conflito em Vingadores: Guerra Infinita (2018) até encerrar seu ciclo em Ultimato (2019).

Assine a newsletter do Gizmodo

Atualmente, o MCU segue em sua quarta fase após a luta estratosférica contra Thanos e a leva de novos filmes e séries, expandindo o universo de super-heróis. Apesar de Sebastian Stan não ter sido Steven, ele conseguiu seu protagonismo atuando como Bucky Barnes, melhor amigo de Capitão América, e co-protagonista na série Falcão e o Soldado Invernal (2021).

Os próximos lançamentos do universo Marvel são Eternos, que chega amanhã (04) aos cinemas, e a série do Gavião Arqueiro (os dois primeiros episódios estreiam no Disney+ em 24 de novembro).

[CBR]