O novo filme do Batman, estrelado por Robert Pattinson, trouxe um novo Batmóvel para as telonas. Com um design mais clássico e menos tecnológico, o novo carro de Bruce Wayne é aparentemente uma versão modificada de um muscle car norte-americano, um Dodge Charger  fabricado entre os anos de 1968 e 1970.

A novidade surpreendeu os fãs, acostumados com outros carros mais futuristas da franquia. A produção do filme justificou a decisão de usar um veículo mais “simples” para parecer que ele foi construído pelo jovem Wayne.

“Neste ponto da jornada de Bruce, parecia apropriado que ele estivesse na oficina desmontando outros carros e reaproveitando-os”, comenta James Chinlund, designer de produção do novo longa da DC, ao Insider.

Durante o trabalho de divulgação do filme, a Warner fez exibições públicas do veículo, como no vídeo abaixo:

Batmóvel, modelo 2022

Na trama do filme, o jovem Batman modificou um velho carro de corridas de rua para ajudá-lo a combater o crime. Para isso, ele incluiu uma armadura, armas e um motor potente para perseguir criminosos.

Visualmente, ele aparenta ser um Dodge Charger, tem a dianteira de um Camaro e os para-lamas de um Stingray. Entretanto, o design da produção afirma que não se inspirou em um modelo específico, se referindo ao veículo como um “Frankenstein”.

O novo Batmóvel possui pneus enormes, uma suspensão elevada e um motor traseiro no lugar do porta-malas. Segundo o site MotorBiscuit, este é um Ford Triton V10 com uma série de turbocompressores e um pós-combustor em seu escapamento.

O veículo também tem um pára-choque dianteiro de aço maciço para que o carro possa passar por qualquer coisa. Existe apenas um único assento no interior (não há espaço para o Robin) e degraus laterais para ajudar o Batman a entrar e sair. O Batmóvel termina em dois pontos afiados, semelhantes a asas de morcego.

Para filmar o longa, o diretor Matt Reeves utilizou quatro carros de acrobacias construídos a partir do Dodge Charger. Os motores Chevy V8 tradicionais alimentam três dos carros, entregando 650 cavalos de potência. Mais tarde, um dos motores foi removido para incluir um braço com câmeras para fazer imagens panorâmicas do veículo e seu ocupante.