Um novo dinossauro brasileiro foi descoberto: é o Brasilotitan nemophagus, uma pequena criatura de 8 metros de comprimento que comia plantas e vivia na região onde hoje é a cidade de Presidente Prudente, no interior de São Paulo.

Pequena criatura sim, já que, apesar dos oito metros de comprimento, ele era pequeno comparado a outras espécies brasileiras, que chegavam a ter 20 metros. Ele foi encontrado próximo a um trecho em obras da Rodovia Raposo Tavares, como explicou William Naca, do Museu de Paleontologia de Marília, à Folha:

“…foi preciso “resgatar” os fósseis da ampliação de um trecho da Raposo Tavares, conta Nava. “Observei, num terreno próximo à rodovia, vários blocos de arenito que tinham sido retirados do local. Resolvi investigar, claro”, disse ele à Folha.

Em meio a uma série de cacos do período Cretáceo –fragmentos mal preservados de ossos de dinossauros, dentes de crocodilos primitivos e de dinos, escamas de peixe e até coprólitos, ou “cocô fóssil”–, Nava acabou encontrando um conjunto de ossos que parecia corresponder a um saurópode.”

Saurópodes são dinossauros quadrúpedes, comedores de plantas e de pescoço longo. Análise feita por Elaine Machado, doutoranda do Museu Nacional da Universidade Federal do Rio de Janeiro e uma das pessoas que  assinou a pesquisa da descoberta da criatura ao lado de Nava para a revista científica Zootaxa, determinou que tratava-se de um titanossauro. Mais do que isso, o Brasilotitan nemophagus é uma das espécies mais completas encontradas por aqui: foram encontradas vértebras, parte da mandíbula e pedaços da pelve e de uma pata.

O dinossauro vivia em uma região que, no passado, era quente e seca com alguns pequenos rios e lagos, e ele se alimentava da vegetação rasteira.

Os estudos preliminares mostram algumas semelhanças com outras duas criaturas que viveram na região em que hoje está a América do Sul – o Bonitasaura salgadoi e o Antarctosaurus wichmannianus. Ele teria vivido na era do Cretáceo Superior. Com ele, são oito as espécies de titanossauros encontradas no Brasil.

A arte do dinossauro é da Folha: você pode ler a matéria completa sobre o Brasilotitan nemophagus aqui. [Zootaxa, Folha, G1]

Imagem: reprodução de arte da Folha