O evento anual do segundo semestre do iPhone veio e se foi, e, embora a empresa tenha apresentado atualizações para o seu principal iPhone e um novo Apple Watch, havia tanta coisa que estávamos esperando que simplesmente não aconteceram. Onde foram parar os iPads Pro com FaceID, os AirPods com carregamento sem fio ou até mesmo o tão especulado MacBook “acessível” renovado? Porém, mesmo entre essas questões, uma omissão que pareceu ainda mais gritante: onde diabos está o AirPower?

• Novo Apple Watch Series 4 liga para a emergência caso você caia e não se mexa por um minuto
• iPhone Xs e iPhone Xs Max: o que você precisa saber sobre os lançamentos da Apple

No ano passado, durante o evento de lançamento do iPhone X, a Apple anunciou um sistema de carregamento sem fio impressionante. A companhia alegou que ele poderia ser usado em diversos dispositivos de uma só vez,em velocidades incríveis.

Porém, seis meses se passaram sem um comunicado oficial sequer sobre o AirPower. E, agora, aqui estamos, exatamente um ano depois, e o Apple AirPower ainda não deu as caras, apesar da empresa dizer que ele deveria chegar no fim de 2018. Enquanto isso, outras empresas começaram a avançar e preencher a lacuna deixada pelo AirPower, com produtos como o Slice Charge, imitando a solução de carregamento sem fio da Apple até no visual e no estilo.

Além disso, com uma segunda geração de iPhones com suporte a carregamento sem fio, um sistema de carregamento de múltiplos dispositivos parece ser mais importante do que nunca. Até a Samsung lançou seu próprio carregador de dois pads que funciona com qualquer smartphone com certificado Qi e com wearables como o novo Galaxy Watch.

Olha, eu sei que, ao contrário do que dizem muitas das afirmações da empresa, a Apple normalmente não é a primeira a introduzir tecnologias novas. Mas, a essa altura, é um pouco decepcionante que, nem mesmo depois de um ano depois de anunciar o AirPower, a Apple não tenha nada para mostrar.

Imagem do topo: Apple