O cargueiro espacial russo Progress M-27M de sete toneladas, enviado para a Estação Espacial Internacional com mantimentos, apresentou problemas, saiu de controle e pedaços da aeronave seguem neste momento em direção ao nosso planeta — e alguns dos destroços podem cair no Brasil entre a noite desta quinta-feira (7) e a madrugada de sexta (8).

Segundo informações do site Satview.org, a previsão é que a Progress entre na atmosfera terrestre por volta das 22 horas (Horário de Brasília) desta quinta-feira (7), entre a fronteira do Cazaquistão e do Quirguistão.

As sete toneladas do Progress M-27M podem, sim, cair no Brasil, devido à inclinação da órbita (orbita elíptica de 205×165; 205 km de apogeu e 165 km de perigeu), como explica o site APOLO 11:

“[O Progress] pode cair em qualquer região da Terra localizada entre as latitudes 51.6 graus ao norte ou sul equador. Isso exclui as regiões acima do extremo norte da Europa e Canadá, Alasca, Groenlândia, extremo sul da América do Sul e Antártica. Por outro lado, inclui a parte mais populosa do planeta.”

De acordo com os primeiros cálculos do Satview.org, será possível ver a bola de fogo a olho nu do Brasil. Ela cruzará diversas cidades do Centro-Oeste e Sul do país, além de grande parte do estado de São Paulo. De qualquer forma, a Brazilian Meteor Observation Network (BRAMON), a rede brasileira de observação de meteoros, está acompanhando a situação 24 horas por dia, com mais de 30 câmeras de alta sensibilidade, ou seja: teremos o registro da queda caso a aeronave caia no Brasil.

Pesando sete toneladas — 2.5 apenas de mantimentos — o Progress M-27M carregava combustível, oxigênio, alimentos e equipamentos científicos para os astronautas em trabalho na Estação Espacial Internacional. Os modelos Progress são usados há mais de 35 anos e, até então, tinham sofrido um único acidente no segundo semestre de 2011. Detalhes sobre os motivos desta ocorrência serão dados em um relatório a ser divulgado na próxima semana. Você pode acompanhar o percurso do cargueiro desgovernado neste link. [APOLO 11, G1]

Imagem de capa: screengrab do lançamento do Progress M-27M