Lá em 2015, o Android 6.0 Marshmallow finalmente permitiu que os smartphones armazenassem e rodassem aplicativos direto de um cartão de memória. E com o novo cartão microSDXC UHS-I da SanDisk dentro do seu celular, aplicativos que estão no armazenamento externo irão parecer tão rápidos quanto aqueles instalados direto no aparelho.

• Samsung anuncia os primeiros cartões UFS removíveis, sucessores do microSD
• A SanDisk apresentou um cartão de memória monstruoso de 1 terabyte
• Armazenamento XPoint da Intel será 1.000 vezes mais rápido que SSDs atuais

O SanDisk Ultra microSDXC UHS-I é o primeiro microSD que cumpre com a nova especificação A1 de perfomance da SD Association que foi finalizada em novembro de 2016. Basicamente, a classe A1 especifica que as velocidades de escrita e gravação de dados dos cartões precisa ser o suficiente para abrir e rodar os aplicativos de forma fluida, enquanto oferece simultaneamente o acesso rápido para arquivos de mídia como fotos e vídeos guardados no mesmo cartão.

A possibilidade de expandir a capacidade de armazenamento do seu smartphone é apenas um dos motivos para escolher um Android em vez de um iPhone, e com a especificação A1 chegando ao mercado, significa que finalmente não haverá nenhum gargalo na performance ao passar os apps para um cartão de memória. O único ponto negativo? Você precisará pagar US$ 200 (cerca de R$ 650 na cotação atual), preço de um smartphone básico.

[SanDisk]