O Monte Erebus, na Antártida, é o patinho feio no mundo dos vulcões. Enquanto praticamente todos os outros têm uma cobertura sólida de rocha cobrindo as poças de magma, o Erebus não tem – é apenas um enorme buraco que termina em um lago profundo de magma, a mais de um quilômetro do topo.

Ele também é o único vulcão coberto por cavernas gigantescas de gelo, que rivalizam com as cavernas do planeta Hoth, de Guerra nas Estrelas. À medida que os gases escapam pelas fissuras dos lados da montanha, eles derretem as camadas de gelo, abrindo cavernas gigantes e criando espirais conhecidas como fumaroles, quando chegam no ar com temperaturas abaixo de zero e congelam instantaneamente. Kayla Iacovino, uma pós-doutoranda que estuda vulcanologia e petrologia no Monte Erebus, capturou estas imagens incríveis. E ela tem mais nesta galeria; além disso, a National Science Foundation selecionou várias outras imagens do Monte Erebus que vale a pena conferir também. [Science Friday e NSF via Boing Boing]