A idéia é que adolescentes e jovens em geral são tanto péssimos motoristas quanto idiotas, então eles são o grupo mais provável de ficar mandando mensagem de texto pra enganar o guarda enquanto dirigem bem acima do limite de velocidade com o carrinho do papai. Isto pode até ser verdade, mas seria a melhor solução? Afinal, não tem horas que você gostaria que os seus filhos tivessem acesso ao telefone dentro do carro? Como no caso de um acidente? Ou serem seqüestrados? Ou precisarem de instruções porque estão perdidos? Ou inúmeras outras situações? Este sistema dá aos filhos acesso aos telefones de emergência e a um telefone pré-programado, tipo o número do telefone dos pais, mas ainda assim.

Isso me parece muito extremo. Que tal criar filhos inteligentes e ensiná-los a dirigir bem? Muito trabalho? Ah, que se dane, eles vão inventar maneiras de burlar a criação decente mesmo…. [PhysOrg]