Em março, o Chrome Beta ganhou uma função experimental em sua versão móvel: compressão de dados para carregar páginas mais rápido e economizar sua franquia de 3G. Agora, o Google trouxe este recurso para a versão estável do Chrome no iOS e Android – ou seja, todos os usuários podem aproveitá-la.

A compressão de dados pode ser ativada em Menu > Configurações > Gerenciamento de largura de banda > Reduzir consumo de dados. Se a opção não aparecer para você, tente desligar o Wi-Fi e abrir o Chrome de novo. Ela promete economizar até 50% de dados.

Isto funciona de maneira semelhante que em outros navegadores móveis, como o Opera, mas usando tecnologias criadas pelo Google – como o protocolo SPDY e o padrão WebP para imagens. Isto envia as páginas que você abre para servidores do Google comprimirem; páginas seguras (em HTTPS) ou abertas em modo anônimo não são afetadas.

Além disso, o Chrome para iOS agora tem acesso ao Google Translate: ele irá traduzir páginas da web, da mesma forma a versão do Android vem fazendo desde julho.

E o Android recebeu uma forma de criar atalhos para webapps. Os desenvolvedores podem, por exemplo, instruir o navegador a abrir seu site em uma versão tela cheia do Chrome, sem botões de navegação. Isso cria uma experiência de app com apenas um atalho na tela inicial.

Você pode baixar o Chrome para Android e iOS nos links a seguir: [Play Store, App Store via Google Chrome Blog]