Você sempre assiste aos vídeos em time lapse que a gente posta por aqui, mas provavelmente culpa a falta de uma câmera decente ou falta de tempo para fazer uma edição bacana e nunca tentou fazer um também. Entretanto, se você tem um smartphone, já tem uma ferramenta que faz tudo isso.

Claro que os resultados não são tão impressionantes quanto fazer com uma DSLR e um software com mais recursos, mas só o seu smartphone já é mais que o suficiente para fazer vídeos divertidos para mostrar para os amigos.

No iPhone você pode usar o Frames (US$2,99) que simplifica todo o processo de tirar as fotos, selecionar as imagens e montar o vídeo.

Abra o Frames e comece um novo projeto. Você pode escolher entre tirar as fotos no momento que quiser (para fazer um vídeo stop-motion) ou automatizar tudo usando um timer que permite escolher tirar fotos em um intervalo fixo – entre 1 segundo e 10 minutos – que você pode ajustar através de um slider (para vídeos time lapse). Quando você cansar de registrar as imagens, pode partir para a edição e apagar alguns frames individuais ou ajustar a quantidade de frames por segundo. Depois é só exportar para o rolo de câmera do seu iPhone e jogar sua criação para o mundo. O formato quadrado do iPhone facilita deixá-lo parado em qualquer superfície plana, então o truque de “câmera escondida” é fácil. E aí, coisas banais como uma hora na agitada vida de redação do Pedro e o Leo ficam engraçadas ao colar 1.800 fotos:

[vimeo 38120457]

 

A versão 4.0 do Android já traz a função time lapse embutida. Mas por ora existe a opção do Lapse it (Grátis ou US$1,99 versão Pro) que funciona de maneira similar ao Frames e tem algumas boas funcionalidades sobre a opção padrão.

Aperte o botão para começar um novo projeto e vá para o modo de gravação. Neste modo você pode ajustar o zoom, a resolução e o intervalo de captura das imagens. Se desejar, pode apertar o botão More e aplicar efeitos de cor, ajustar o balanço de branco e ativar o auto-foco. Depois que terminar de ajustar tudo, clique em Capture para começar a capturar as imagens.  Quando estiver satisfeito com a quantidade de frames, pode pré-visualizar o seu projeto e, se preferir, cortar uma parte, aplicar efeitos ou simplesmente clicar em Render. Você pode salvar como vídeo (FLV) ou uma sequência de imagens (JPG). O app pode enviar o arquivo direto para o YouTube, Gmail, Dropbox ou Facebook.

Porém, é bom deixar claro que qualquer um destes aplicativos consome muita bateria, então se você pretende fazer um vídeo longo é bom fazer isso com o smartphone conectado à tomada e, preferencialmente, com um tripé.

É isso. Você tem algum outro app favorito para esta tarefa? Compartilhe nos comentários.