Assim como muita gente, Don Pettit tuíta, manda vídeos para o YouTube e mantém um blog. Mas ao contrário de muitos, Don faz tudo isso na Estação Espacial Internacional. Em um post para a revista Air and Space, do museu Smithsonian, Pettit nos conta como servir um belo jantar no espaço.

Não importa que eu já tenha visto os mesmos rostos por meses sem fim; eu ainda gosto de convidar todo mundo para “meu módulo” para jantar. Aceitos os convites, você se prepara para a ocasião. Mas quais são as regras de etiqueta esperadas para divertir seus convidados em órbita? Como você organiza tudo para seus convidados não acharem que você é um desajeitado? Eis algumas diretrizes testadas no espaço para lhe ajudar nos preparativos.

Tenha bastante comida, e sirva seu melhor. Agora é a hora de abrir aquelas bolsas termicamente estabilizadas de bife que você vinha reunindo. Traga algum item diferente da sua cota pessoal (estes itens chegam na nave não-tripulada de reabastecimento que nos visita periodicamente). Talvez você possa dividir uma lata de anchovas defumadas, chili verde do Novo México, ou um pedaço de queijo Old Amsterdam. Sempre sirva algo especial que não esteja repetidamente presente no menu padrão de nove dias. Ser generoso agora traz mais benefícios que comer estas iguarias na solidão.

A escolha de bebidas é bem limitada. Você pode servir o de sempre: café, chá, e bebidas que imitam frutas – aromatizadas artificialmente, coloridas artificialmente e repletas de açúcar. Tudo, claro, é servido em uma bolsa, e você chupa o fluido através de um canudo. A imagem de um inseto chupando os sucos de algum inseto inferior pode vir à mente, mas no espaço é considerado falta de educação dar voz a essas imagens.

Você pode fornecer um agrado especial se tiver acesso a uma das geladeiras de pesquisa. No espaço, toda a sua comida ou está quente, ou está à temperatura ambiente. Quando se vive em um ambiente isotérmico, pode ser ótimo servir a seus amigos uma bolsa de água gelada.

Para ocasiões especiais – talvez depois de uma caminhada espacial, ou do acoplamento de um veículo de reabastecimento – você pode servir suas bebidas em um copo “zero-g”. Você precisa fazê-los usando um pedaço de plástico (as instruções estão no apêndice C). Estes copos permitem beber a partir de uma embalagem aberta, assim como na Terra. Copos zero-g, ao contrário de bolsas com canudos, são melhores para rituais sociais como brindar, e vão trazer um sorriso aos rostos dos seus convidados.

É importante arrumar sua cozinha. Coloque pacotes cheios de lenços umedecidos e guardanapos para alcance fácil na mesa da cozinha. Pegue os pacotes que estejam pela metade e guarde-os para outra ocasião. Esvazie as latas de lixo. Uma lata de lixo cheia é problemática: algumas coisas pequenas podem sair e flutuar quando se descartam novos itens. Isto interrompe a conversa de forma rude, fazendo todos se espalharem para coletar o lixo flutuante. É bom ter duas latas de lixo: uma com tamanho padrão para itens maiores, e uma embalagem vazia de lenço umedecido para os itens menores. Esta separação de lixo pequeno – pedaços de embalagem aberta, migalhas de comida e invólucros – ajuda a evitar que eles flutuem quando a tampa do lixo grande é aberta. Lembre-se de colocar o nome “Lixo” na embalagem velha de lenço umedecido. Novos membros da equipe podem não conhecer o protocolo de lixo, então é melhor mostrar de forma educada como tudo funciona. Eles aprendem rápido.

Limpe as tesouras de comida. É necessário usar tesouras para abrir as bolsas de comida, já que rasgar na linha perfurada geralmente libera gotículas quentes de fluido gorduroso e outras partículas semelhantes a asteroides. É por isso que, se as tesouras não estiverem limpas, elas ficam enrijecidas com molho solidificado a ponto de ficarem coladas e não abrirem mais (fora que elas ficam levemente nojentas). Isto é considerado uma grosseria, então limpe suas tesouras antes que cheguem os convidados.

Sempre tenha uma colher extra disponível. Na ausência de peso, é fácil perder as coisas. Não é incomum, em um grupo de seis pessoas, ver a colher de alguém sair flutuando. Ter uma colher limpa para emprestar permite que a noite continue e a conversa flua. É falta de educação dar a seu convidado uma colher emprestada com sujeira endurecida da última vez que foi usada. A colher perdida geralmente é encontrada de manhã, presa em uma tela de ventilador, e seu convidado gostaria que ela fosse devolvida. 

Fita adesiva nova, lenços umedecidos e uma colher extra
Fita adesiva nova, lenços umedecidos e uma colher extra.

Sempre coloque fita adesiva nova. A mesa da cozinha tem vários pontos de velcro que prendem pacotes de comida. No entanto, nem todos os pacotes e bolsas têm pontos de velcro, então elas não podem ser colocadas à mesa. Vários pedaços de fita adesiva, dobradas cuidadosamente para a parte adesiva ficar para fora, permitem que tais embalagens fiquem presas à mesa. A fita usada na semana anterior, apesar de ser perfeitamente funcional, junta migalhas, cabelos, fiapos e outras coisinhas errantes. Deixar fita adesiva suja à mostra é uma falta de educação com seus convidados: sempre coloque fita adesiva nova e limpa.

No espaço, pegar comida flutuante com sua boca é considerado algo educado. Abrir bem a boca e dar uma mordida perfeita quase sempre traz elogios e aplausos dos seus convidados. Em uma engolida que impressione, você pode deixá-los com a imagem de uma criatura do mar engolindo outra. Pegar comida com a boca, assim como arrotar à mesa – considerado falta de educação na maioria das culturas, mas um elogio ao chef em outras – é indelicado na Terra, mas é de praxe no espaço.

Ao seguir estas regras simples, você garante uma noite bastante agradável com seus convidados. E lembre-se, na fronteira espacial, as regras da etiqueta ainda estão sendo escritas. Eu recomendo que você invente novas formas de conduzir sua vida diária, incluindo entreter convidados. É um dos motivos para estarmos aqui, afinal.

Republicado com permissão da Air & Space Magazine.