Como esperado, as primeiras imagens da maior lua de Júpiter, Ganimedes, já estão entre nós. As fotos foram tiradas pela espaçonave Juno da Agência Espacial Americana (Nasa) e enviadas à Terra nesta terça-feira (8).

A sonda está orbitando o planeta gasoso desde 2016, mas pela primeira vez conseguiu uma aproximação da lua, passando a cerca de 1.038 km de distância da superfície, na segunda-feira (7) — a melhor aproximação de um satélite nos últimos 20 anos, de acordo com a Nasa.

Em um comunicado à imprensa da Nasa, Scott Bolton, do Southwest Research Institute em San Antonio, que lidera a missão Juno, disse que “este é o mais próximo que uma espaçonave chegou desta lua gigantesca em uma geração”. Segundo ele, é necessário tempo antes de “tirar qualquer conclusão científica, mas por enquanto, podemos simplesmente admirar esta maravilha celestial — a única lua em nosso sistema solar maior do que o planeta Mercúrio”.

Na primeira imagem (veja abaixo), a sonda capturou parte da lua de Júpiter. Cada pixel na imagem cobre cerca de 1 quilômetro de extensão.

Ganimedes
Foto: NASA

Os cientistas acreditam que Ganimedes pode hospedar um oceano de água salgada quilômetros abaixo da sua superfície, que tem mais água do que o próprio planeta Terra. Além disso, é a única lua do nosso sistema solar que tem seu próprio campo magnético — descoberto pela espaçonave Galileo, em 2003.

A imagem foi feita apenas do filtro de luz verde da câmera Juno. Contudo, a Nasa espera receber mais imagens da sonda com filtros de luz azul e vermelho. Dessa forma, seria possível criar uma foto colorida de Ganimedes.

Assine a newsletter do Gizmodo

A segunda foto foi feita pela câmera de navegação em preto e branco de Juno (veja abaixo), porém do lado escuro de Ganimedes, que só pôde ser visto graças à luz espalhada de Júpiter.

Ganimedes
Foto: NASA

As imagens destacam uma semelhança com a nossa Lua, cinzenta e com muitas crateras — apesar de muito mais gelada. Ainda que seja cedo, os pesquisadores esperam que o sobrevoo da Juno — que durou 25 minutos e conseguiu 5 fotos — os ajude a aprender mais sobre a casca de gelo do maior satélite natural do sistema solar, a lua Ganimedes.

[Business Insider]