Eles tiveram que viajar por quilômetros, suportar temperaturas abaixo de zero por horas e ficar na fila pacientemente esperando a loja abrir. Ontem foi dia de iPhone 4S na China! Mas quando chegou a hora de abrir as portas, a multidão foi avisada de que não haveria iPhone. Aí a coisa ficou séria.

Os clientes em uma das duas Apple Stores de Pequim na sexta-feira tumultuaram a loja, depois de esperarem no frio do inverno à noite e de serem informados de que a loja não iria começar a vender o iPhone 4S hoje. Na hora, aparentemente não foi dada nenhuma explicação para isso, mas de acordo com a Reuters, a polícia exigiu o fechamento da loja, enquanto a Apple disse em pronunciamento que queria “garantir a segurança de nossos clientes e funcionários”.

Então a multidão mostrou sua raiva tacando ovos na fachada da loja. Começaram brigas e empurrões entre os que esperavam, e a polícia interveio. De acordo com uma testemunha, Huang Xiantong, “por volta das 5h da manhã, a multidão na praça se espalhou e a fila desapareceu completamente. Todos estavam brigando, várias pessoas se machucaram”, disse Huang. “A polícia simplesmente começou a bater nas pessoas. Eles estavam causando confusão.” A ordem foi restaurada cerca de cinco horas depois.

Na outra Apple Store em Pequim, assim como nas três lojas em Xangai, tudo correu bem, e o estoque logo se esgotou. Mas depois da confusão em uma das lojas, a Apple anunciou que não vai mais vender o iPhone 4S nas Apple Stores da China por enquanto – só via operadoras, revendedoras e online. [Reuters]