À primeira vista, essa tela parece estranhamente familiar. Os ícones do dock, as janelas cinza e arredondadas, todo o layout – é quase o Mac OS X, porém não é. O ícone superior esquerdo deixa isso claro: a estrela vermelha pertence ao Red Star, o sistema operacional sancionado pelo governo da Coreia do Norte. E a versão 3.0 é uma imitação do OS X.

O Red Star é um sistema operacional baseado em Linux e KDE. Até a versão 2.x, ele trazia uma interface fortemente inspirada no Windows 7 – veja abaixo.



A versão 3.0, lançada em meados do ano passado, ganhou um visual calcado no Mac. Ele é desenvolvido pelo órgão estatal Centro de Computação da Coréia.

O sistema traz um navegador baseado no Mozilla, chamado “Naenara”, ou “meu país”. Mas Kim Jong-un não deixa que seu povo tenha acesso irrestrito à internet! A maioria dos norte-coreanos não tem acesso à rede mundial de computadores; por isso, o Naenara é usado principalmente em PCs de bibliotecas e universidades, onde é possível acessar uma intranet nacional bastante limitada.

Estas imagens foram capturadas por Will Scott, um pós-graduando em ciência da computação que ministrou cursos na Universidade de Ciência e Tecnologia de Pyongyang. Fãs curiosos do Linux podem baixar o Red Star clicando aqui, porém trata-se da versão 2.0, e tudo está escrito em coreano.

Confira mais screenshots do Red Star 3.0 aqui: [Will Scott via Computerworld]

Antes, inspirado no Windows 7:

Agora, inspirado no Mac OS X:

coreia nort Redstar linux (1) coreia nort Redstar linux (2) coreia nort Redstar linux (3) coreia nort Redstar linux (4) coreia nort Redstar linux 2

Imagens por Will Scott/Google+