O trabalho do astronauta Don Pettit transcende culturas e fronteiras ao redor do globo, literalmente: Pettit é o fotógrafo por trás de incríveis timelapses vindos da Estação Espacial Internacional. Agora você o vê com suas câmeras – todas as dez.

Você deve estar se perguntando por que ele precisa de tanto equipamento. Na verdade, isto tem pouco a ver com necessidade, e tudo a ver com peso.

Quando uma câmera nova é enviada para a ISS, ou ela fica lá, ou ela precisa ser descartada antes do astronauta voltar à Terra. Isto se deve a limitações rígidas de peso: nenhum astronauta pode levar carga extra de volta ao planeta. Isso inclui DSLRs gigantes e suas lentes ainda maiores.

Então para onde vão as câmeras? Bem, o astronauta volta à Terra em uma nave que se divide em duas partes: o módulo de descida, que leva o astronauta; e o módulo orbital, que se desprende e pega fogo ao chegar à atmosfera. O módulo orbital leva as câmeras. Ou seja, DSLRs de milhares de dólares são destruídas pelo fogo.

Felizmente, as imagens capturadas permanecem conosco. [OnOrbit via Petapixel]