Os antigos disquetes de 3,5 polegadas tinham apenas cerca de 1,40 MB (e não 1,44 MB) após serem formatados. Então como este rapaz conseguiu criar um disquete de 118 GB? É que você e este computador personalizado estão sendo enganados de duas maneiras muito espertas.

>>> Antigos drives de disquete são excelentes para tocar música
>>> Muita criança não vai entender esta mesa em formato de disquete

Eis o vídeo:

Primeiro, seus olhos estão sendo enganados, pois este não se trata de um disquete comum. A peça de metal tem exatamente o tamanho certo para abrigar um cartão SD; é daí que vem o aumento do armazenamento.

disquete 118 gb (1)

OK, mas como uma unidade de disquete é capaz de ler um cartão SD? Nesta parte, é preciso enganar o computador.

O conector que normalmente liga a unidade de disquete ao resto do computador tem um espaçamento de pinos quase idêntico a um cartão SD, de modo que os pinos não utilizados foram removidos, e os restantes foram dobrados para cima, a fim de ler o cartão dentro do drive. Assim:

disquete 118 gb (2)

disquete 118 gb (3)

disquete 118 gb (5)

disquete 118 gb (4)

É um truque esperto, mas pode danificar seus cartões SD depois de um tempo.

O usuário Dr. Moddnstine do YouTube atualizou o gabinete de um IBM Aptiva de 1995 com componentes atuais, incluindo um processador Intel Core i7 da mais recente geração Skylake. O drive turbinado de disquete foi um bônus especial.

Para saber mais sobre o processo, assista a este vídeo, ou confira abaixo a galeria com as fotos da montagem.

1995 IBM Aptiva build, 66mhz 486DX2 to i7 6700k!

Fotos por gilmour509/Imgur