A Electronic Arts anunciou oficialmente que, a partir de 2023, o game FIFA, a principal franquia de futebol da atualidade, não terá mais o nome da entidade máxima do futebol. O jogo lançado no início da temporada 2023/2024 se chamará EA Sports FC.

O anúncio foi feito em um post no blog da empresa:

“No próximo ano, EA SPORTS FC se tornará o futuro do futebol da EA SPORTS. Ao lado de nossos mais de 300 parceiros de licença no esporte, estamos prontos para levar as experiências de futebol a novos patamares, em nome de todos os fãs de futebol em todo o mundo”.

A Eletronic Arts ficou insatisfeita com a alta pedida da FIFA para a renovação do contrato, e, após algumas rodadas de negociação, decidiu abrir mão do nome. De acordo com informações do The New York Times, a EA paga mais de US$ 100 milhões todos os anos à FIFA.

Segundo vazamentos, o CEO da EA, Andrew Wilson, se reuniu com o presidente da FIFA, Gianni Infantino, para discutir o encerramento do contrato há alguns meses. Em conversa interna – também vazada – com funcionários da Eletronic Arts, Wilson já havia criticado a pedida milionária da FIFA, o que indicava que ambas as partes estavam bem longe de um acordo para renovar o vínculo.

FIFA não é a primeira franquia de futebol com anos de tradição no mercado dos games a mudar seu nome. Em 2021 o tradicional Pro Evolution Soccer, da Konami, mudou para o eFootball, completamente repaginado, focado em partidas no modo online e disponibilizado de forma totalmente gratuita nas lojas de jogos.

Assine a newsletter do Gizmodo

O jogo não foi bem aceito pelos fãs e nem pela crítica por conta de seu visual meio inacabado, falhas e bugs bizarros que só serviram para virar memes na internet. Recentemente, a Konami lançou um pacote de atualizações para melhorar a jogabilidade, trazer novos recursos para a gameplay e, claro, corrigir todos os bugs.

O jogo está bem melhor na versão atual, mas bem longe do ideal. Em 2022 o eFootbal deve receber uma nova versão ou ser atualizado para uma nova versão.