O Gerenciador de dispositivos permite localizar seu smartphone ou tablet, e apagar seu conteúdo remotamente. Você pode usá-lo na web, em outro smartphone – e, a partir de agora, no seu pulso também.

O Android Wear ganhou suporte ao Gerenciador de dispositivos, permitindo usar seu relógio inteligente para encontrar seu smartphone.

É simples: diga “OK Google, iniciar Encontrar smartphone” e seu celular irá tocar no volume máximo. Isso deve ajudar você a encontrá-lo em casa, por exemplo. O recurso já estava presente em apps como Encontre meu Celular e Wear Aware, mas agora virá praticamente embutido ao sistema.

A função estará disponível para todos os dispositivos Android Wear “nas próximas semanas” de forma automática – você não precisa fazer nada para atualizar.

Localizando Nexus 4

No entanto, se você suspeita que perdeu o celular, ou que foi roubado, você terá que usar o site android.com/devicemanager para exibir o dispositivo em um mapa, bloqueá-lo ou apagar todos os seus dados. Você também pode usar o app oficial para tanto.

O Gerenciador também permite colocar uma mensagem na tela de bloqueio – um número de telefone para contato, por exemplo – e até um botão que permite ligar para esse número usando seu smartphone.

Claro, tudo isso requer que o aparelho esteja ligado, e que esteja em uma conexão de dados móveis ou Wi-Fi (senão, os comandos só serão enviados quando ele estiver online novamente). O recurso está embutido no Android 2.2 e superior.

E se você perder o relógio, em vez do smartphone? O jeito é usar um app como o Watch Finder, que faz o smartwatch emitir um som ou vibração – isso ainda não está embutido no Android Wear. Vale lembrar que os relógios Galaxy Gear, da Samsung, permitem localizar seu smartphone (e vice-versa) desde 2013.

Por enquanto, entre os relógios com Android Wear, apenas o Moto 360 e o LG G Watch foram lançados no Brasil. O LG G Watch R, com tela redonda, virá ao país em abril custando R$ 1.299. Outros modelos, como o Asus Zenwatch e o Sony SmartWatch 3, por enquanto não chegaram oficialmente. [Android Official Blog via VentureBeat]