Quando a 3M começou a colocar seus projetores pico em smartphones como prova de conceito, alguns anos atrás, a ideia foi recebida como inovadora, mas com pouca utilidade prática no mundo real. (Mesmo no mundo corporativo com as suas infinitas apresentações de PowerPoint.) Mas ver um projetor incorporado ao tablet Android SmartQ U7, da Smart Devices, me encheu de ideias sobre como usá-lo.

O SmartQ U7 tem 7″ e, sem dúvida, não é exatamente o dispositivo que me faria levar um tablet com projetor para casa. Apesar de ter uma tela com resolução de 1024×600, o projetor de 40 lúmens mostra imagens com resolução de apenas a 854×480, que podem ser esticadas para até 50″. E embora um chipset OMAP 4 dual-core da TI de 1 GHz e 1 GB de RAM possam parecer humildes para um tablet Android de US$ 300 (ou US$ 400, se você quiser o de 1,5 GHz), é bastante claro que um dispositivo do tipo pode ser melhorado rapidamente e ser oferecido a um preço mais acessível.

Obviamente, o aspecto comprometido aqui (tem que haver um!) é a espessura do tablet. Mas imagine ser capaz de jogar em uma tela grande em qualquer lugar que possua uma parede branca. Ou, em vez de ter uma TV no seu quarto, poder apenas projetar a tela do seu tablet na parede e usar caixas de som wireless. Ou, ok, talvez você esteja usando seu tablet no escritório e queira projetar uma apresentação de PowerPoint ou algo do tipo. (Duvido!)

SmartQ U7 projetando uma imagem na parede da sala de uma família feliz.

A tecnologia de projeção não só está melhor agora, mas eu me sinto muito mais compelido a sacrificar um pouco de tamanho e peso em um tablet do que estaria em um smartphone. Se a qualidade de imagem for realmente boa, um projetor integrado é algo que eu definitivamente gostaria de ter em um futuro tablet. [SmartQ via Lilliputingvia AndroidYo via Geeky Gadgets]