A corrida espacial entre Rússia (a principal herdeira da URSS) e Estados Unidos, que movimentou a segunda metade do século passado e ficou adormecida nos últimos anos, segue até hoje ganhando capítulos inusitados.

Agora, uma equipe russa se tornou a primeira a filmar uma produção para o cinema com cenas captadas diretamente no espaço. Isso que é locação difícil de chegar.

Após passarem 12 dias na órbita da Terra, a atriz Yulia Peresild e o diretor Klim Shipenko, que embarcaram na missão em 5 de outubro, retornaram neste domingo (17) — aterrissando próximo a uma base russa no Cazaquistão. A viagem de volta, que durou cerca de três horas, trouxe também o astronauta russo Oleg Novitsky, outro que participou do filme. Você pode ver o time reunido no tuíte abaixo.

Em seu canal no YouTube, a Roscosmos, mostrou também o momento exato em que a tripulação toca a superfície terrestre. O pouso aconteceu nesta madrugada, às 01h36 no horário de Brasília.

Eles chegaram à Estação Espacial Internacional (ISS) para dar início nas filmagens no início de outubro à bordo da nave Soyuz MS-19, da Roscosmos (a agência espacial russa).

Um dos cenários principais do drama “The Challenge” (“O desafio”, em português) foi o laboratório orbital da ISS. O filme começa com a chegada dos tripulantes à estação espacial, e foi filmado com uma câmera de mão. Haverá também cenas filmadas na Terra.

Na trama, Peresild interpreta uma cirurgiã (Zhenya) que embarca em uma missão de emergência para salvar a vida de um astronauta russo (Ivanov), que está inconsciente. É aí que Oleg Novitsky entra na história. Foi ele quem interpretou o tal astronauta resgatado — profissão que, curiosamente, possui na vida real. Cosmonauta da Roscosmos, Novitsky estava na ISS desde abril.

A agência espacial russa disse que o retorno foi um sucesso e que a tripulação se sente bem. Agora, os três envolvidos no filme ficarão em reabilitação por 10 dias — uma forma de fazer seus corpos se adaptarem de novo à gravidade terrestre, bem mais intensa do que aquela com a qual tiveram que conviver nos últimos dias.