Nesta semana, a NASA anunciou quem são os 10 novos astronautas que poderão, no futuro, participar de missões na Estação Espacial Internacional (ISS) — ou até mesmo em destinos mais nobres, como Lua ou Marte. No total, são quatro mulheres e seis homens, que devem iniciar em janeiro um programa de treinamento básico em voos espaciais que durará dois anos. 

Este é o 23º grupo de astronautas candidatos formado pela NASA desde o programa pioneiro Mercury 7 de 1959. Mais de 12 mil pessoas se inscreveram para o processo de recrutamento, que teve início em março de 2020, mas foi adiado devido à pandemia de Covid-19.

Há alguns pré-requisitos para tentar a vaga: primeiro, é preciso ser cidadão americano. Além disso, é necessário ter um mestrado nas áreas de ciência, tecnologia, engenharia ou matemática e pelo menos três anos de experiência na profissão. Ter passado, no mínimo, 1.000 horas pilotando aeronaves a jato é outra opção. Os candidatos também passaram por exames físicos da NASA.

Foram aprovados sete militares, dois cientistas, dois médicos e um piloto. São eles Nichole Ayers, Marcos Berríos, Christina Birch, Deniz Burnham, Luke Delaney, Andre Douglas, Jack Hathaway, Anil Menon, Christopher Williams e Jessica Wittner.

O treinamento está previsto para começar em janeiro de 2022. Nele, os novos astronautas serão apresentados aos sistemas das espaçonaves, deverão desenvolver habilidades de caminhada no espaço e passarão por outras aulas fornecidas pela agência. O grupo estará pronto para ser enviado em missões espaciais depois de dois anos. 

Essa é a primeira equipe formada desde o início do programa Artemis da NASA, que visa a exploração lunar e, quem sabe um dia, a viagem a Marte. É cedo para dizer se um destes candidatos terá o satélite ou o planeta vermelho como destino, mas os astronautas podem entrar para as equipes de pesquisa das missões.

Atualmente, o corpo de astronautas da NASA possui 44 membros ativos. Contando a nova turma, é possível dizer que 360 pessoas já foram selecionadas para o treinamento da agência desde o início de suas operações, há mais de 60 anos.