Mike Lazardis, co-CEO da Research in Motion (empresa que fabrica o Blackberry) disse em entrevista à PC Magazine que apesar de “a plataforma multinúcleos ser hoje perfeita para tablets”, a BlackBerry simplesmente não está pronta para entrar no mundo dos smartphones dual-core com a LG, Samsung, Motorola e outras.

Ele disse que “a duração da bateria, tamanho, peso, espessura e custo” são motivos para deixar processadores mais rápidos para depois. Bem, jogar Angry Birds no BlackBerry nem requer um bom processador, mesmo. [PCMag via BGR via TechRadar]