Desde as primeiras aparições do controlador Leap Motion, um punhado de fabricantes de notebooks se comprometeram, de pronto, a incluir a tecnologia em seus produtos. Finalmente uma delas incluiu, de fato, o Leap Motion em um portátil. Uma pena que esse precursor seja tão grande.

A HP é quem teve a honra de ser a primeira, embutindo o controlador em seu Envy 17 de US$ 1.050 na forma de uma faixa preta do lado direito do touchpad. O Leap Motion já é bem pequeno, mas para encaixá-lo em um notebook (mesmo um grandão desses), eles reduziram seu tamanho pela metade. O resultado? Parece um leitor de digitais looooongo.

17 polegadas não é exatamente o que você espera de um notebook, mas o controlador aparecerá em outros modelos no futuro. Apenas não espere vê-lo em Ultrabooks leves e finos, porque… bem, mesmo o menor sensor de movimentos ainda é maior do que essas máquinas comportam.

Leap Motion no Envy 17 Fruit Ninja

Ter um controle de movimentos embutido em um notebook é promissor, de qualquer forma. Primeiro porque significa que a tecnologia da Leap Motion poderá chegar a mais pesoas que encontrarão usos legais para ela. Como dissemos em nosso review, usar o Leap Motion em um notebook é complicado porque o melhor lugar para colocá-lo é bem no centro do seu teclado. Mas quando ele vem embutido, é no virtuamente melhor posicionamento. Além do que você pode desabilitá-lo com um clique rápido na barra de espaço e no botão Fn se você não quer que seus movimentos sejam interpretados pelo computador.

O Leap Motion é tentador e útil o bastante para fazê-lo trocar um Ultrabook fino e leve por um notebook de 17 polegadas? Provavelmente não, a menos que você já esteja atrás de um notebook grandão. Mas a ideia de ver essa tecnologia em mais aparelhos no futuro é promissora. E que alguns deles sejam mais portáteis, por favor.