A adaptação sensorial, o mesmo fenômeno que faz você parar de ouvir um relógio fazendo tic-toc depois de algum tempo, também evita que você veja a rede de vasos sanguíneos dentro do seu olho. Exceto quando você usa este truque simples, demonstrado no vídeo acima (pule para o ponto 6:20).

O vídeo foi postado por thegnome54, um usuário do YouTube que estuda neurociência cognitiva na Universidade Brown (EUA). Tudo o que você precisa em casa é de um papel com um pequeno orifício – ou seu dedo, como o narrador mostra no vídeo – e uma fonte constante de luz, como a tela branca do seu navegador. Como o cérebro se acostuma a ver a sombra formada pelos vasos sanguíneos dia após dia, você para de vê-las. E acredita-se que isso já acontece pouco depois de nascermos.



Mas o truque simples, que envolve olhar pelo pequeno orifício mexendo-o rapidamente em movimentos circulares, muda esta sombra o bastante para seu cérebro reconhecer os vasos sanguíneos de novo. Isto permite visualizar os vasos cruzando seu globo ocular, como galhos em uma árvore. Vê-los pela primeira vez é meio louco, mas fiquei mais impressionado com a rapidez em que o cérebro volta a ignorá-los quando o orifício para de se mover. [YouTube via Geeks are Sexy]