Após um hiato de 8 anos, Eva Mendes está pronta para voltar à carreira de atriz — mas com algumas condições. Em entrevista ao “The View”, talk-show americano com Whoopi Goldberg, ela contou que não faria filmes com conteúdo que envolva cenas de sexo ou violência, e agora quer produções mais voltadas para a família.

“Tenho uma lista tão pequena do que vou fazer, com quatro filhos”, disse Mendes (via Entertainment Weekly). “Quero dizer, se fosse um projeto divertido. Mas agora não vou fazer violência, não quero fazer sexualidade, a lista é curta”, explicou a atriz, hoje com 48 anos, que é casada com Ryan Gosling, com quem tem duas filhas. 

A artista chegou a dizer que espera encontrar um trabalho que se encaixe em seus critérios. “Tem que ser bonito e limpo”, completou. “Coisas como a Disney faz”, sugeriu então Whoopi Goldberg , co-apresentadora do programa. “Disney! Perfeito”, respondeu Mendes.

O último papel de Eva foi em 2014, em “Rio Perdido”, quando foi dirigida justamente por Ryan Gosling. Longe de Hollywood, a estrela de filmes como “Hitch – O Conselheiro Amoroso” e “+Velozes +Furiosos” se manteve ocupada com empreendimentos de moda e beleza.

Mendes começou a carreira no final dos anos 90, estrelando vários videoclipes para bandas como Aerosmith e Pet Shop Boys. Outros títulos de destaque da carreira da atriz incluem “Motoqueiro Fantasma”, “Era Uma Vez no México” e “Dia de Treinamento”. 

Em outubro de 2020, a atriz chegou a afirmar que se afastar foi uma escolha pessoal, para poder se dedicar às filhas Esmeralda, de 7 anos, e Amada, de 6. Na época, ela disse “começando a sentir a voltar”.

Além disso, segundo a Variety, circularam rumores de que Mendes pode retornar à franquia “Velozes e Furiosos” agora que a produção está em andamento na parte final, que será dividida em dois filmes. Mendes estreou como Monica Fuentes na sequência de 2003 “Velozes e Furiosos 2” e reprisou o personagem para uma aparição sem créditos em “Velozes e Furiosos 5: Operação Rio” de 2011. As filmagens de “Velozes e Furiosos X” estão em andamento, com o cineasta Louis Leterrier atrás das câmeras, substituindo o diretor original Justin Lin. Porém, nenhuma informação foi confirmada se Mendes está no projeto.