O exoesqueleto HULC, o protótipo de carregamento de equipamentos pesados para tropas de infantaria no campo de batalha, agora já tem uma bateria e está pronto para testes humanos. Se eles derem certo, logo veremos testes em campo.

Primeiro, uma introdução: o HULC, ou Carregador Humano Universal de Carga, pode ser a repsosta para as forças armadas que precisam carregar muito peso – neste caso 90kg – no campo de batalha.

O HULC está no departamento de pesquisa e desenvolvimento há algum tempo, apenas há pouco tempo sua bateria foi finalizada, e hoje ela está se preparando para o primeiro de uma série de testes biomecânicos de US$1,1 milhão que podem decidir se este exoesqueleto estará em campo, ou no meio da guerra, daqui a alguns anos. Diz o Danger Room:

"Testes biomecânicos vão medir a energia gasta por um soldado quando se usa o HULC", de acordo com declaração da Lockheed Martin. "Os testes em laboratório também vão determinar se os usuários conseguem aprender rapidamente a usar o sistema HULC, levando diferentes cargas e se movendo a diferentes velocidades. O contrato inclui opções para testes em campo, a fim de testar a utilidade do sistema em ambientes operacionais."

Então este é um pequeno passo para o HULC, e um pequeno passo para o programa – pode levar anos até que este dispositivo extremamente legal entre em serviço, independente dos resultados. [Wired]