Você passou os últimos meses perdido em links no Feed de Notícias do Facebook prometendo que “você não vai acreditar no que acontece em seguida”, mas agora o Facebook enfim vai acabar com esses posts caça-cliques.

Reprodução

“Você NUNCA vai acreditar em quais estrelas brigaram no tapete vermelho na noite passada. Clique e descubra por qual estrela eles estavam brigando”

Títulos como esse acima – que geralmente atiçam sua curiosidade sem dar nenhuma informação concreta – tendem a receber muitas curtidas, mas o Facebook descobriu que os usuários sentem o oposto, como explicado em um post recente:

No entanto, quando perguntamos para pessoas em uma pesquisa inicial sobre qual tipo de conteúdo preferem ver no Feed de Notícias, 80% das vezes as pessoas preferiam manchetes que ajudavam a decidir se queriam ou não ler o artigo inteiro antes de ter que clicar nele.

Agora o Facebook vai remediar o problema ao observar quanto tempo as pessoas passam lendo os artigos que clicam, assim como se o grande número de pessoas compartilhando um post batem com o alto número de cliques. Se um número significativo de usuários voltarem ao Facebook logo após clicar no link sem compartilhar com os amigos, esse artigo em particular começará a ser escondido.

Essa não é a primeira vez que o Facebook promete limpar o Feed de Notícias. Em abril, as “iscas de curtidas” foram atacadas. Essa cruzada, no entanto, tinha como foco posts que explicitamente pediam para usuários “curtirem e compartilharem”. Esta é a primeira vez que o Facebook vai ativamente contra publicações que usam essas técnicas para conseguir cliques.

Em outras palavras, se funcionar, você verá muito menos links intrigantes mas sem conteúdo no seu feed de notícias. Assim, sites que se aproveitam dessas técnicas devem perder força. E isso sim deve restaurar a nossa fé na humanidade. [Facebook]