É difícil ver alguém publicando um aspecto negativo da própria vida no Facebook; então quando um de seus amigos recorre à rede social para dizer algo triste, é bom prestar atenção.

>>> Siga estes passos para o Facebook não excluir suas fotos sincronizadas do smartphone

Esta semana, o Facebook lançou globalmente uma ferramenta que permite ajudar pessoas contemplando a ideia de suicídio ou automutilação. No Brasil, a rede social está trabalhando junto ao CVV (Centro de Valorização da Vida).

Segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde), o Brasil é o oitavo país com mais suicídios no mundo – foram registradas 11.821 mortes em 2012. No mundo, uma pessoa comete suicídio a cada 40 segundos.

Ao notar uma mensagem preocupante de um amigo, clique na seta no canto superior direito, e depois em “Denunciar publicação”. Na janela que aparece, selecione a opção “Acredito que não deveria estar no Facebook” e, depois, “É ameaçador, violento ou suicida” e “Automutilação ou suicídio”.

suicidio facebook

Surgirá uma janela com algumas opções, como “oferecer ajuda” ou “contatar um amigo”. No fim da lista, estará a opção “Peça para verificarmos a publicação”: clicando nela, a equipe de operações da comunidade global da Facebook vai revisar o post, e ver se ele realmente é preocupante.

Se for o caso, seu amigo receberá esta mensagem; o nome de quem sinalizou o post não será revelado:

fbsuicidio

A opção “Entrar em contato com uma linha de ajuda” leva o usuário ao CVV, que permite conversar por meio de telefone, chat online, e-mail, Skype ou pessoalmente. Segundo o G1, o Facebook fará propaganda gratuita do CVV para ajudar no recrutamento de novos voluntários.

A ferramenta para sinalizar posts relacionados a suicídio foi lançada há cerca de um ano nos EUA, e agora está disponível na maioria dos países.

[Facebook SafetyG1]