Não há dúvidas de que vídeos em 360 graus são legais, mas os arquivos necessários para eles são longos e podem atrapalhar a vida de quem tenta assisti-los online. Agora, o Facebook desenvolveu uma forma de comprimir vídeos em até 80% sem perda de qualidade.

Pode parecer incrível, mas é apenas uma aplicação inteligente de um pouco de matemática. Em um vídeo publicado no Facebook, o engenheiro de softwares David Pio explicou que a nova técnica imagina o vídeo como um cubo ou pirâmide, em vez de esfera.

facebook-video-2

Enquanto a realidade virtual se espalha ao redor do usuário com um mundo esférico mostrado a partir de um ponto, isso pode ser muito bem representado em uma tela ao esticar a imagem para uma armação cúbica ou piramidal, como vemos no GIF acima. O que o Facebook faz é criar uma série de vídeos diferentes baseados em diferentes pontos de vistas – lados sutilmente diferentes do cubo – e todos eles são armazenados em seus servidores. Ele então transmite um segmento do vídeo dependendo da orientação do espectador.

Esse processo supostamente faz o vídeo chegar ao seu dispositivo com o tamanho 80% menor do que antes, “sem sacrificar qualidade ou resolução.” Mas você provavelmente vai continuar querendo assisti-lo apenas via Wi-Fi.

[Facebook via Popular Science]