Apesar de ter contratado streamers famosos, como Ninja e Shroud, o Mixer, plataforma de transmissão ao vivo da Microsoft, não vingou. Então, a partir desta segunda-feira (22), a companhia vai transferir todo seu conteúdo para o Facebook Gaming antes de desligar o serviço completamente em 22 de julho.

Em um post no blog do Mixer, a Microsoft disse que, mesmo com numerosos e significativos investimentos, “ficou claro que o tempo necessário para aumentar a escala da nossa comunidade de transmissão ao vivo estava fora de medida com a visão e com as experiências que a Microsoft e o Xbox desejam entregar para os jogadores, então decidimos fechar as operações do Mixer e ajudar a comunidade a fazer a transição para uma nova plataforma”.

No futuro, a Microsoft se unirá ao Facebook para fazer a transição dos atuais usuários do Mixer para o Facebook Gaming. O Facebook diz que vai honrar os acordos de parceria existentes da melhor maneira possível. Os streamers que participavam do programa de monetização aberta do Mixer também receberão a elegibilidade para o programa Level Up do Facebook Gaming, e a rede social está trabalhando para “acelerar” a transição para streamers qualificados.

Enquanto isso, a Microsoft está incentivando os espectadores a gastar os Embers ou Sparks que ainda tiverem, pois os parceiros receberão pagamento duplo em todos os ganhos em junho. E para qualquer pessoa que tenha dinheiro restante na plataforma depois disso, devido a itens como assinaturas de canais, assinaturas do Mixer Pro ou quaisquer sobras de Embers, a Microsoft diz que “este dinheiro” será convertido em créditos de vale-presente para Xbox.

Finalmente, em 22 de julho, o Mixer será desligado e direcionará automaticamente os usuários de desktop para o Facebook Gaming. No Xbox One, a transmissão do Mixer será desativada e substituída por um redirecionamento ou notificação, solicitando que os usuários procurem seus streamers favoritos na plataforma do Facebook.

Tradução: Fontes: Facebook ofereceu uma quantia insana, quase o dobro, pelos contratos do Mixer do Ninja e do Shroud, mas Loaded/Ninja/Shroud disseram não e forçaram o Mixer a pagar o valor restante de seus contratos. Ninja ganhou cerca de US$ 30 milhões, e Shroud, cerca de US$ 10 milhões. Ninja e Shroud agora estão sem contrato.

A principal desvantagem de tudo isso é que, embora muitos streamers pequenos e médios do Mixer possam fazer a transição para o Facebook Gaming, isso não vai acontecer com duas das maiores estrelas do Mixer. Rod “Slasher” Breslau diz que Ninja e Shroud forçaram a plataforma a pagar o valor restante de seus contratos em vez de aceitar ofertas muito maiores do Facebook.

Portanto, embora o Facebook tenha atraído recentemente streamers de outros serviços para o Facebook Gaming, incluindo Disguised Toast e Zero, parece que a morte iminente do Mixer resultará em outra dança das cadeiras de plataforma para alguns dos maiores streamers da atualidade.

No fim das contas, embora a Microsoft tenha feito um grande esforço para criar seu próprio serviço e comunidade de streaming, mesmo com os enormes recursos da Microsoft, o Mixer foi superado pelo Twitch e outras gigantes do ramo. Descanse em paz, Mixer.