Atualização (27/02): o Google voltou atrás e liberou sites pornográficos no Blogspot. Saiba mais aqui.

Em nossa busca incessante por conhecimento pornografia na internet, às vezes a gente acaba se deparando com o botão “Estou ciente e quero continuar”: é um aviso de que você está prestes a entrar em um blog de conteúdo adulto. Em breve, você não encontrará mais esses blogs.

A partir de 23 de março, não será mais possível publicar fotos explícitas no Blogger, plataforma do Google conhecida por seu endereço blogspot.com. Os blogs de pornografia atuais não serão removidos, mas o acesso a eles será bastante restrito.

Como explica o Google: “nenhum conteúdo será excluído, mas o conteúdo privado só pode ser visto pelo proprietário, por administradores do blog e pelas pessoas com quem o proprietário compartilhou o blog”.

Ou seja, você não vai mais encontrar esses blogs quando procurar por homens/mulheres/cabritas/móveis estofados no Google ou em qualquer outro buscador – eles serão marcados como “privados”.

Nem toda nudez será castigada: a empresa explica que ela ainda será permitida “em contexto artístico, educacional, científico ou de documentário”. Se for sacanagem, nada feito.

Ou seja, é a morte anunciada para os blogspots de pornografia. Quem tiver um desses pode “exportá-lo como um arquivo .xml ou arquivar o texto e as imagens usando o Google Takeout”.

Por que o Google resolveu acabar com esses blogs? Bem, desde 2012, a empresa está obcecada em unificar suas políticas de uso entre diferentes produtos – Android, busca, mapas etc. E em um comunicado ao The Next Web, um porta-voz diz que “atualizamos nossa política [do Blogger] para se encaixar com nossas políticas de outros produtos hospedados pelo Google (incluindo YouTube e Google+)”. Ou seja, se não pode pornografia no YouTube, então não pode no Blogger.

Isso não é uma completa surpresa. Em 2013, o Google atualizou seus termos de serviço proibindo que blogspots usassem propagandas que levassem a sites de pornografia – isso resultaria na remoção do blog.

É uma pena. Até mesmo o Tumblr vem restringindo o conteúdo adulto, deixando blogs de pornografia mais difíceis de encontrar. (O jeito é usar o motor de busca Boodigo.) Para onde irão todos os blogs pornô? [Google via The Next Web]