A Dyson promete que seus aspiradores de pó continuam sugando com a potência quase total mesmo com reservatório de sujeira cheio. Mesmo assim, são poucos os usuários que percebem que também existem filtros escondidos que precisam ser limpos periodicamente para manter o aparelho funcionando direito. Para uma empresa, que se orgulha de aspiradores que nunca perdem de sucção, este era um grande problema. Então, para garantir que os consumidores nunca se esqueçam de limpar esses filtros, a empresa simplesmente projetou um aparelho melhor que os elimina completamente.

dyson cinetic big ball 1

O uso da tecnologia de ciclone para interceptar e coletar poeira e sujeira ajudou a Dyson a se livrar dos tradicionais sacos descartáveis ​​há décadas. E, ao longo dos anos, a empresa descobriu que, quanto menor o ciclone, mais intensas serão as forças centrífugas, podendo melhorar a eficiência para ajudar a capturar partículas minúsculas. É por isso que os mais recentes modelos de aspiradores Dyson apresentam múltiplas câmaras de ciclone menores. No entanto, quando esses ciclones ficam muito pequenos e apertados, podem acabar entupindo com a poeira e bloqueando outros detritos, o que dificulta a sucção.

Em modelos anteriores, a solução foi usar um filtro para capturar aquela poeira fina e impedi-la de chegar aos os ciclones — no entanto, isso foi na verdade mais um improviso do que uma solução. Mas, com o novo Cinetic Big Ball, a necessidade dos filtros de poeira foi eliminada. Como? Com a adição de bicos oscilantes flexíveis nas câmaras ciclone que vibram 350 vezes por segundo para retirar partículas de pó com até 0,5 micron de tamanho, direcionando-as para o reservatório de sujeira em vez de obstruir o fluxo de ar.

dyson cinetic big ball 2

Soa como uma melhoria bastante simples, mas a Dyson é uma empresa reconhecida por seus testes e prototipagem extremos de novos produtos. O desenvolvimento da tecnologia do Cinetic não foi diferente. Ao longo de um período de seis anos, uma equipe de 29 engenheiros da Dyson gastou US$ 12 milhões e construiu mais de 2.000 protótipos para garantir que a nova tecnologia ciclone livre de filtros funcionasse como prometido.

A capacidade de sucção do aspirador foi testada por cerca de 9 mil horas e a empresa gastou mais de US$ 200 mil em poeira só para se certificar de que o entupimento já não era um problema. Você deve estar se perguntando o quanto de dinheiro não dava para ganhar com a poeira que se acumula na TV do seu pai no intervalo entre uma visita sua e outra.

dyson cinetic big ball 3

A última geração de aspiradores Dyson com a nova tecnologia Cinetic estará primeiro disponível na rede de lojas QVC, a partir de 15 de janeiro, e vai chegar a outros grandes varejistas poucos meses depois, em primeiro de março. Uma versão caixinha vai ser o modelo mais barato, custando US$ 550, enquanto a versão vertical Big Ball com acessórios para animais e alérgicos vai ser o modelo premium, com um preço de US$ 700.

A Dyson sempre diz que seus aspiradores nunca perdem de sucção, mas estes serão os primeiros modelos da empresa para cumprir de verdade isso sem que você precise fazer nada além de esvaziar que o reservatório de sujeira de vez em quando. [Dyson]