Depois da indignação inicial pela Apple remover a entrada do fone de ouvido do iPhone 7 se esvair, os usuários que não queriam o fone sem fio logo perceberam que usar conector Lightning do celular significaria que eles não poderiam mais recarregar o celular enquanto ouviam música. Porém, os novos fones Rayz Plus, da Pioneer, incluem uma solução simples para esse problema, mas estão longe de serem perfeitos.

• Os atalhos 3D Touch mais úteis no seu iPhone
• Alguns apps e jogos de iPhone podem parar de funcionar em breve

Os fones de ouvido sem fio são provavelmente o futuro da música, querendo ou não. Cada vez mais e mais dispositivos estão abandonando o plug do fone de ouvido para dar espaço para outras tecnologias, apesar das inconveniências de se ter outro acessório eletrônico para se manter carregado e do risco de se perder um par de fones sem fio caro. Mas para aqueles que ainda não estão prontos para partir para o wireless, os fones de ouvido Rayz Plus, da Pioneer, parecem uma melhor alternativa do que ter que conectar um monte de dongles robustos ao seu celular — e não é como se a empresa tivesse que reinventar a roda.

Tudo que a Pioneer fez foi acrescer um dongle embutido ao cabo, com uma passagem Lightning adicional, que permite aos usuários continuar a recarga de um iPhone ou iPad enquanto escuta música ou assiste a um filme. É uma atualização que a Apple poderia ter, e deveria ter, adicionado aos fones que vêm junto com o iPhone 7, em vez de apenas acrescentar um adaptador Lightning irritante.

Pelo fato de os Rayz Plus poderem se conectar apenas a dispositivos com uma entrada Lightning, isso significa que eles sempre terão uma fonte de energia, algo de que a Pioneer está tirando vantagem para incluir uma funcionalidade de diminuição de ruído externo. A inclusão de múltiplos microfones em cada orelha acaba acrescentando peso e tornando os fones mais robustos, mas, sem a necessidade de baterias para o Rayz Plus, como os fones de ouvido Reflect Aware, da JBL, essa parece ser uma das soluções de diminuição de ruído externo de menor tamanho disponíveis atualmente.

Para atrai-lo ainda mais para pagar US$ 150 nos Rayz Plus, que incluem a porta de entrada extra de carga, ou US$ 100 pelos Rayz, que não incluem a porta, a Pioner também acrescentou um botão programável adicional ao controle remoto do fone, que pode ser customizado por meio de um aplicativo de acompanhamento gratuito para o iOS, que rapidamente inicia aplicativos enquanto seu celular ainda está enterrado em seu bolso. Ainda não se sabe o quão verdadeiramente útil isso será, mas, como alternativa para aqueles decidindo pelo wireless, os Rayz, da Pioneer, ainda parecem a maneira menos irritante de lidar com a morte do plug de fone de ouvido.

[Pioneer]