Mais uma semana, mais uma dica da nossa fonte: o Windows Mobile 7, que nós talvez vejamos pela primeira vez no Mobile World Congress no mês que vem, deve ser lançado antes das festas de 2010. E a fonte nos contou sobre o sistema de controle por gestos, retrocompatibilidade e mais.

Não é novidade para a Microsoft um lançamento chegar ao mercado seis meses depois de ser anunciado: eles estão acostumados com betas públicos, e isso já pode ter virado regra. E um lançamento no final de 2010 só viria confirmar estimativas antigas. E ainda mais interessante é que o sistema operacional ainda parece estar incerto. Aqui está o que ouvimos:

Data de lançamento: Ele será exibido no Mobile World Congress, mas não espere que a Microsoft dê uma data precisa de lançamento: eles ainda não estão prontos para isso. A LG se descuidou e sugeriu que o lançamento dos primeiros smartphones da marca com WM7 seria em setembro, mas parece duvidoso que a data de lançamento esteja gravada em pedra — e eles provavelmente terão que seguir a Microsoft, que desde o WinMo 6.5 vem tentando garantir uma data unificada de lançamento para os Windows Phones, algo que eles nunca fizeram antes.

Compatibilidade: Ao contrário do relato de Eldar Murtazin, que os apps para Windows Mobile 6.x não funcionarão no WM7, nossa fonte disse que vão, sim. Ele sugere uma promessa de suporte — não necessariamente compatibilidade nativa — o que pode ser desde um emulador (como o app Classic para o Palm Pre, que emula um PDA antigo) até ferramentas de porting para desenvolvedores. O que importa é que esse não é o tipo de coisa que se poderia deduzir de experimentar um aparelho por alguns minutos, o que Eldar parece ter feito.

Desenvolvedores: Falando de apps, podemos esperar uma suíte para desenvolvedores (SDK) para o novo sistema operacional já em junho, dando aos desenvolvedores algum tempo para ter apps prontos quando o novo OS for lançado. Isso implica que a plataforma será bastante diferente do Windows Mobile 6.x (o que já era esperado).

Aparência: O sistema não parece com os screenshots que vimos no passado. Há algumas semelhanças estéticas, mas não o suficiente para dizermos que parece com algo que já vazou.

Gestos: O novo sistema de entrada, que nós dissemos que era "à la Project Natal", é mais um sistema complexo de gestos do que uma forma completamente nova de interagir com o celular. Existe um elemento sensor de movimentos, mas em um espaço restrito, com sensor de proximidade, e só usado em certos gestos, como zoom com pinch e girar. Isto também foi descrito como uma demonstração de tecnologia, então não deve ser uma função principal do sistema operacional.

Confidencial: O Windows Mobile 7 está sendo mantido em segredo de uma forma bastante rara na Microsoft. Ele só está sendo mostrado para pessoas imediatamente relacionadas ao projeto dentro da empresa, e evidentemente para um pequeno grupo de jornalistas também. Está num nível de confidencialidade como o Zune HD, o que quer dizer muito alto.

Por enquanto é isso. Com o Mobile World Congress mais perto a cada minuto, é seguro supor que vamos descobrir ainda mais sobre este novo lançamento. [Valeu de novo, fonte!]