Se levarmos em conta a época do ano que o Pixel 2 foi lançado, ainda faltam dois meses para confirmar o que o Google planejou para 2018. Mas isso não vai fazer com que os curiosos da internet parem de ficar cavando qualquer informação. No fim de semana, dois vazamentos apareceram e trouxeram algumas novidades interessantes sobre o que a empresa pode estar preparando.

Pixel 2: Google se atém ao que faz melhor
Já estão especulando a aparência do Pixel 3 e do Pixel 3 XL

A primeira parte vem de um post no fórum XDA Developers (uma cópia no Imgur aqui) mostrando o que parecem ser fotos vazadas de um futuro Pixel 3. A primeira foto, da traseira do telefone, não parece trazer nada muito novo. Dá para comentar a falta do design em dois tons dos modelos anteriores e a ausência de um segundo sensor de câmera — o Google aposta em sua tecnologia de inteligência artificial. Já a parte da frente promete ser mais polêmica.

Olha isso. O recorte é enorme. Eu já disse que não faz muito sentido ficar nervoso com esses chifres, já que eles são, na maioria das vezes, uma solução prática para dar as consumidores uma tela um pouco maior. Mas esse do suposto Pixel 3 é diferente. O tamanho do espaço dedicado a reunir os sensores parece que vai superar todos os disponíveis no mercado hoje. É um baita dum chifrão. Parece que esse negócio de entalhe foi longe demais.

A segunda parte das notícias sobre o Pixel vem de um trecho de código descoberto pelo site especializado 9to5Google. Ele está na última versão do app do Google e traz uma menção a uma dock.

<string name=”trusted_dock_message”>Your Assistant can use your personal info to make suggestions, answer questions, and take actions for you when your phone is locked and on your Pixel Stand</string>

(Tradução livre: Seu Assistente pode usar suas informações pessoais para fazer sugestões, responder perguntas e tomar ações para você quando seu telefone estiver bloqueado e na sua Pixel Stand)

Não é a primeira vez que nós ouvimos falar de uma dock do Google feita para ser usada com os smartphones Pixel. Mesmo assim, esse pedacinho do código adianta muito melhor o que esse aparelho pode vir a ser. Além de aparentemente ser um carregador sem fio — o que sugere que o Pixel vai ter suporte ao recurso pela primeira vez — parece que a “Pixel Stand” também vai poder transformar seu telefone em um tipo de alto-falante inteligente, que usa a tela do celular para mostrar informações quando for apropriado.

Considerando o lançamento recente do Smart Display do Google e da Lenovo, a Pixel Stand pode ajudar a construir a linha de casa inteligente da empresa. Ele poderia entrar no espaço que existe entre os dispositivos mais baratos (o Google Home de US$ 130 e o Home Mini de US$ 50) e o mais caro (o Smart Display de US$ 200).

Parece muito cedo para tomar qualquer um desses vazamentos como um fato. Entretanto, com esse recorte gigantesco na tela, parece que os acessórios vão ser mais legais que o telefone em si.

[XDA Developers, 9to5Google]

Imagem do topo: Sam Rutherford/Gizmodo