Algumas crianças ganham mesada e economizam o dinheiro para comprar algo novo. Jani, um garoto finlandês de 10 anos, decidiu hackear o Instagram e agora está US$ 10.000 mais rico.

>>> Falha permitia hackear qualquer perfil do Facebook usando força bruta
>>> Pesquisador descobre bug que permite excluir todas as fotos do Facebook

O jornal finlandês Iltalehti relata que Jani encontrou uma forma de se infiltrar nos servidores do Instagram e apagar os comentários que qualquer usuário postava acompanhando suas fotos.

Isto é especialmente notável porque o jovem encontrou um bug que a poderosa equipe de engenharia do Facebook deixou passar. Além disso, Jani tecnicamente nem poderia ter uma conta no Instagram: “você precisa ter pelo menos 13 anos de idade para usar o Serviço”, dizem os termos de uso.

Depois de descobrir a vulnerabilidade, o pré-adolescente mandou um e-mail para o Instagram, que emitiu um patch dentro de alguns dias. Os US$ 10.000 vieram do programa de recompensas do Facebook. Em média, a rede social paga apenas US$ 1.780 por bug, segundo a Forbes.

Jani e o irmão gêmeo são ambos peritos em identificar erros, e já encontraram algumas falhas pequenas, mas esta é a primeira vez que um deles foi pago por descobrir um bug. Dez mil não é um mau começo.

[Iltalehti via Forbes via The Verge]

Foto via Pexels