O Gmail já teve modo offline por um tempo, que foi desativado quando o plugin Google Gears foi abandonado em favor do HTML5. Agora, você pode usá-lo offline de novo, e mais: o Google Calendar (Agenda) e o Docs também poderão ser acessados offline ainda esta semana. Gostei.

O Gmail Offline foi lançado como um app na Google Web Store para o navegador Chrome. Se você usa outro, vai ter que esperar um pouco, já que o Google diz que planeja estender a funcionalidade para outros browsers. A interface vem direto do app do Gmail para tablets, e a implementação é muito boa. Ele é extremamente rápido, fácil de navegar, e instalar é bem simples. Ele já está disponível e, no pouco tempo que tive com ele, virei fã. Na verdade, eu prefiro a interface de dois painéis à interface web padrão. Ainda não dá pra controlar o número de e-mails a sincronizar, mas o Google avisa que isto chega em breve.

Os apps para o Calendar e o Docs que chegam esta semana parecem muito bons também, mas não serão tão robustos como gostaríamos no início. Quando você estiver na Agenda offline, dá para ver e reservar compromissos, mas não dá para criá-los ou editá-los. O mesmo vale para o Docs: você pode ver os documentos, mas não pode editá-los enquanto não estiver conectado. O Google diz que está trabalhando para adicionar em breve estas funções que faltam.

Se você usa o Chrome, já pode testar o Gmail offline agora mesmo; o Docs e Calendar chegam amanhã ou depois. Para alguém como eu que fica grudado no Gmail de forma mais ou menos constante, isto é uma ótima notícia. [Gmail Blog]